Santa Lúcia do Piaí pelas lentes de Fiorentino Cavalli - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória22/04/2019 | 07h30Atualizada em 22/04/2019 | 07h30

Santa Lúcia do Piaí pelas lentes de Fiorentino Cavalli

Historiador e pesquisador Éder Dall'Agnol dos Santos resgata história do fotógrafo que eternizou o distrito entre os anos 1950 e 1970

Santa Lúcia do Piaí pelas lentes de Fiorentino Cavalli Fiorentino Cavalli / acervo de família/acervo de família
Registro do carro de Santa Lúcia do Piaí na Festa da Uva de 1950 Foto: Fiorentino Cavalli / acervo de família / acervo de família

Casamentos, festas populares, solenidades oficiais, a vida em família, a religiosidade. Todo e qualquer registro que merecesse ficar eternizado na memória da comunidade de Santa Lúcia do Piaí, nos anos 1950, 1960 e 1970, era captado pelas lentes de Fiorentino Cavalli (1926-1992), fotógrafo cuja trajetória esteve intrinsecamente ligada ao dia a dia do lugarejo. 

Toda essa trajetória começa a ser redescoberta agora, graças ao minucioso trabalho do professor de História e pesquisador Éder Dall'Agnol dos Santos, que compartilha suas descobertas com a coluna.

Memória: uma cidade, múltiplos olhares

Filho do casal de agricultores João Vitório Cavalli e Páscoa Lazzarotto, Fiorentino Rodolfo Cavalli nasceu em 1º de maio de 1926, na pequena localidade de Santa Terezinha, interior do distrito. Conforme Éder, os Cavalli eram muito conhecidos na região, por serem proprietários de um moinho d’água, juntamente com o sócio, um senhor de nome Peroni – os dois comerciantes forneciam farinha para toda região de Santa Lúcia. 

Fiorentino era o mais velho dos homens da família, composta por 10 irmãos. Apesar de atuar juntamente com o pai nos serviços do moinho, desde jovem Fiorentino demonstrou gosto pela fotografia, tirando os primeiros cliques ainda no início da década de 1950 – foi quando registrou o corso alegórico de Santa Lúcia do Piaí na Festa da Uva de 1950, além de outras imagens amadoras de familiares e amigos. Nascia aí uma trajetória informal que, em 1954, começaria a ser transformada em profissão. O início, no entanto, foi fruto de um revés.

No mesmo ano em que uniu-se à professora Neli Commnunello, filha do comerciante João Communello e Maria (Marieta) Andreazza, Fiorentino viu-se desempregado – após o pai vender o moinho para o senhor Secondino Bonatto. Não querendo seguir para o ramo da agricultura, devido à escassez de terras, ele, em parceria com o compadre Fiorentino Andreatta, montou uma pequena marcenaria. A madeira, porém, logo dividiu espaço com as lentes.

Na mesma época, Cavalli resolveu vir a Caxias do Sul, onde aprendeu e aperfeiçoou o ofício nos lendários estúdios Geremia e Tomazoni. O fotógrafo amador começava se tornar um renomado profissional...

Leia mais:
Memórias de Santa Lúcia do Piaí em livro
Os 60 anos de uma capela-escola em Santa Lúcia do Piaí
Ponte Heitor Curra em Mato Perso em 1935  
Monumento ao Imigrante pelo Studio Tomazoni Caxias
Para recordar do Studio Geremia 

O fotógrafo Fiorentino Cavalli posando no Studio Geremia, onde aprendeu o ofícioFoto: Studio Geremia / Acervo de família, divulgação
O casamento de Fiorentino e Alayde De Andrade Damin em 1957Foto: Fiorentino Cavalli / acervo de família, divulgação
A primeira comunhão dos irmãos José e Eliana Damin no estúdio de Fiorentino, na década de 1960 Foto: Fiorentino Cavalli / acervo de família, divulgação

Leia mais:
Encontro da família Chies em Carlos Barbosa
Encontro da família Soldatelli em São Marcos  
Encontro da família Facchin em São Marcos da Linha Feijó

Registro do carro de Santa Lúcia do Piaí na Festa da Uva de 1950Foto: Fiorentino Cavalli / acervo de família
Solenidade da chama olímpica com os jogadores do Clube Botafogo de Santa Lúcia do Piaí, em 1964Foto: Fiorentino Cavalli / acervo de família, divulgação

Recordando o distrito

Colaborador informal da coluna Memória, o historiador Éder Dall'Agnol dos Santos vem pesquisando a trajetória das famílias que ajudaram a colonizar o distrito de Santa Lúcia do Piaí – entre elas, os Damin, cuja história foi contada em parte recentemente neste espaço. O trabalho, segundo Dall'Agnol deverá ser transformado em livro. 

Família Damin e as origens de Santa Lúcia do Piaí
Família de Antonio Damin em Santa Lúcia do Piaí 

Moradores do distrito que tenham interesse em colaborar com fotos e dados sobre suas famílias podem entrar em contato pelo e-mail ederdallagnol89@gmail.com ou fone/whatts (54) 98449.9186.

Leia mais:
Origens da família Dall'Agnol
Família Dall'Agnol celebra as origens na Itália
A trajetória da família Tessari em livro  

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros