Após eliminação, jogadores valorizam boa temporada com a camisa do Juventude - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série C22/09/2019 | 21h23

Após eliminação, jogadores valorizam boa temporada com a camisa do Juventude

Nos Aflitos, equipe perdeu a chance de alcançar a final da Terceira Divisão

Após eliminação, jogadores valorizam boa temporada com a camisa do Juventude Léo Lemos/Náutico,Divulgação
Foto: Léo Lemos / Náutico,Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Após o acerto de Matheus Oliveira na quinta cobrança do Náutico, que definiu a classificação do Timbu diante do Juventude, um misto de sensações invadiu o vestiário alviverde. Primeiro, antes mesmo da equipe deixar o gramado, teve confusão. O atacante do time pernambucano provocou Marcelo Carné após o gol e deu início a um tumulto generalizado, contido pelos próprios atletas e membros da comissão técnica de cada equipe.

Leia Mais
"Terminamos a Série C com muito orgulho", diz Osvaldo Pioner após eliminação do Juventude
Fahel lamenta descuidos do Juventude que renderam gols ao Náutico
Juventude perde para o Náutico e dá adeus à Série C com o principal objetivo do ano concluído

Passada a confusão, o discurso no lado alviverde era de lamentação, especialmente pelas chances perdidas durante o segundo tempo.

— É futebol. Infelizmente, a gente saiu. Estamos muito tristes, porque queríamos chegar à final. Seria um titulo importante para o clube, mas conseguimos o objetivo que era o acesso — disse o meio-campista John Lennon 

O zagueiro Genílson, autor do gol alviverde, fez questão de valorizar a campanha alviverde na temporada:

— Foi um ano maravilhoso. Conseguimos conquistar nosso grande objetivo, que era o acesso. Desde a chegada do Marquinhos (Santos), a gente mirava o título brasileiro. Paramos diante de uma grande equipe e, mesmo assim, mostramos aqui a força do Juventude. Até começamos bem o jogo, mas sofremos dois gols em falhas nossas, desatenções. No segundo tempo, jogamos como a gente fez durante a competição, encurralamos o adversário, tivemos grandes chances e conseguimos o gol. E aí no pênalti é loteria. Só vai perder quem está ali cobrando.  

O defensor ainda relatou a tristeza dos atletas no vestiário e falou sobre a possibilidade de permanência no Alfredo Jaconi para 2020. O contrato de Genílson se encerra no final deste mês.

— Muitos jogadores se emocionaram no vestiário porque esse grupo foi especial. Queríamos chegar até a final, porque o Juventude merecia. Todo mundo honrou a camisa e ficamos felizes por tudo que foi feito. Vamos ver quem vai ficar, quem vai sair. Agora é levantar a cabeça. No meu caso, apareceram algumas sondagens, mas dou preferência ao Juventude, foi o clube que me acolheu depois de um período que fiquei parado. Estou feliz por essa oportunidade e vamos conversar — disse o treinador.

O grupo alviverde retorna do Recife apenas na terça-feira. A partir daí devem ser retomadas as conversas para renovação de atletas e liberação por empréstimo de outros.

Leia Também
Morre em Caxias do Sul padre Roque Grazziotin
Ex-vice-prefeito de Caxias do Sul se filia sábado ao Podemos 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros