"Terminamos a Série C com muito orgulho", diz Osvaldo Pioner após eliminação do Juventude - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Análise22/09/2019 | 21h13Atualizada em 22/09/2019 | 21h13

"Terminamos a Série C com muito orgulho", diz Osvaldo Pioner após eliminação do Juventude

Dirigente exalta conquista do objetivo do acesso e projeta próxima temporada

"Terminamos a Série C com muito orgulho", diz Osvaldo Pioner após eliminação do Juventude Antonio Valiente/Agencia RBS
Ainda é incerta a permanência de Osvaldo Pioner no comando do futebol do Juventude Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O Juventude está eliminado da Série C do Campeonato Brasileiro. Com a derrota nos pênaltis para o Náutico, o time alviverde encerra sua participação na terceira divisão nacional. Após o jogo, o discurso foi de satisfação pela grande temporada realizada e pelos objetivos concluídos.

Leia Mais
ACBF vence em Ibirubá e mantém o quarto lugar na Liga Gaúcha

Além do acesso à Série B, principal meta do ano, o Juventude também fez grande campanha na Copa do Brasil, eliminando clubes de Série B, como América-MG e Vila Nova-GO, e até de Série A, como o Botafogo.

— É difícil falar. Acabou o jogo e todo mundo chorando no vestiário. Mas não podemos esquecer que conseguimos resgatar o orgulho do torcedor. Muitas pessoas nos agradecem pelo ano que tivemos, atropelamos na Copa do Brasil grandes clubes, subimos para a Série B. A gente sabe que essa fotografia do vestiário não vai se repetir, por isso esse clima de tristeza. Terminamos a Série C com muito orgulho —disse Osvaldo Pioner, diretor-geral de futebol do Juventude. 

O dirigente também comentou sobre o futuro. Durante a temporada, erros e acertos foram contabilizados pela direção de futebol. Segundo Pioner, tudo está devidamente anotado para que não se repita:

— Nós temos alguns erros anotados. Hoje, por exemplo, eu conversei com a comissão sobre lesões. A fisioterapia e o departamento médico me passaram tudo detalhado. Então, os erros que tivemos estão anotados para corrigirmos. Agora, é momento de contabilizar as coisas boas. 

Sobre a uma possível continuidade para a próxima temporada no comando de futebol do Juventude, Pioner não quis se manifestar. Tudo dependerá do processo eleitoral que o clube deve definir nas próximas semanas. Sem uma confirmação se continua, o diretor lembra que tudo será organizado para um possível substituto:

— Não é agora o momento. Vamos deixar tudo pronto. Tem o lado político para definir. Não sei quem vai ser o presidente. Meu trabalho não termina aqui. Então, quem pegar, vai pegar algo encaminhado. Nós já temos um time pronto para o Gauchão e sabemos que faltam algumas peças.

Leia Também
Morre em Caxias do Sul padre Roque Grazziotin
Ex-vice-prefeito de Caxias do Sul se filia sábado ao Podemos


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros