Construir é uma ação envolvente - Cotidiano - Pioneiro

Frei Jaime Bettega24/11/2016 | 08h40Atualizada em 24/11/2016 | 08h40

Construir é uma ação envolvente

Por ser tratar da existência humana, os retoques são necessários, as melhorias também

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Pensando em algumas situações pontuais, encontrando a melhor alternativa, não abrindo mão de algumas convicções... Como é bom estar em paz. Vamos que vamos!

"Derrubei todas as minhas paredes para dar lugar a mais janelas." (Fernanda Gaona).

Leia mais
Ciro Fabres: retrato de família
Frei Jaime Bettega: estar em movimento é a normalidade da vida
Adriana Antunes: a casa onde brinquei nas férias não existe mais
Marcos Kirst: o recado da torradeira
Tríssia Ordovás Sartori: a pós-verdade dos relacionamentos


A vida é uma verdadeira construção. Os detalhes dessa arquitetura humana dependem da simplicidade, gosto pela estética, determinação ética e abertura ao transcendente. Construir é uma ação envolvente. Tem lá suas preocupações e até lamentações, mas é uma tarefa prazerosa. Por ser tratar da existência humana, os retoques são necessários, as melhorias também. Enquanto existir o sopro de vida, sempre haverá algo para ser feito e refeito.

Algumas construções são pesadas: excesso de concreto, paredes limitam o olhar. Não é nada diferente com as pessoas. Muitos se resumem em paredes que impedem acessos, afastam os afetos. Preferem resguardar-se, não falam de seus sentimentos, cercam-se com uma redoma que confirma o individualismo. São jeitos de viver. O respeito à diversidade já não é mais uma opção, mas um direito natural. Por outro lado, há pessoas que derrubam as paredes da indiferença e do comodismo para abrir novas e extensas janelas.

A luminosidade faz uma devassa na escuridão, os espaços de convivência se ampliam, os sorrisos tornam-se mais autênticos. A privacidade não pode ser confundida com fechamento sobre si mesmo. Há , sim, um espaço único, onde é possível ficar despedido dos recursos da aparências. O ser humano, como um todo, é comunicação, um livro com muitas páginas em branco, onde é possível dar continuidade aos registros das histórias e vivências.

Tem gente que é só parede, sem janelas. A solidão pode ser uma consequência. Bom mesmo é ter a suficiente claridade que provoca alegria e uma vontade sem fim de viver.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!    

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros