Fazer a diferença não é uma imposição, é uma missão - Cotidiano - Pioneiro

Frei Jaime Bettega04/10/2016 | 08h43Atualizada em 04/10/2016 | 08h43

Fazer a diferença não é uma imposição, é uma missão

Pequenos gestos podem inspirar a maior de todas as revoluções: a revolução do amor

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia!

Um novo dia... As forças se renovam, a paz se aloja, o amor inquieta! Hoje é um dia especial para o Carisma Franciscano: Dia de São Francisco de Assis! O ideal de Francisco nunca envelhecerá! Uma mensagem sempre atual! Um amor maior que o mundo!

"Onde houver ódio, que eu leve o amor; onde houver ofensa, que eu leve o perdão; onde houver tristeza, que eu leve a alegria..." (S. Francisco de Assis).

Leia mais
Marcos Kirst: Grato por não ser Neymar
Frei Jaime: um dia alguém ampliou o meu olhar e eu nunca mais fui o mesmo
Pedro Guerra: minha filha saiu de casa
Nivaldo Pereira: Estrela Boieira
Gilmar Marcílio: ver e ouvir


O dinamismo do viver passa por atitudes que transformam os ambientes e os próprios sentimentos. Em meio aos desalentos e à velocidade dos compromissos, é urgente tornar-se proativo. Fazer a diferença não é uma imposição, é uma missão. A realidade não necessita apenas de constatação, mas de reinvenção. Esgotou o tempo, as palavras estão bem próximas do vazio: de nada adianta dizer que o mundo não está bem. Há algo que pode ser feito, há espaços para serem preenchidos, há sonhos que podem alcançar a realidade. Fazer com amor alguma coisa é o suficiente para construir novos cenários.

O interessante é dar-se conta de que o amor abre espaços, forja alternativas, provoca milagres. Pequenos gestos podem inspirar a maior de todas as revoluções: a revolução do amor. Não há consistentes dificuldades quando a convicção se efetua. Quem é convicto do que carrega dentro no coração realiza muitas obras. Pensar somente em si deixou de ser uma alternativa de vida, se o sonho diz respeito ao alcance da felicidade.

Assim como o semeador não cansa de lançar a semente por que sabe que ela vai germinar, que a persistência acompanhe os dias e os passos daqueles que acreditam na força do bem. Mas se o ódio tentar se impor, que sejamos capazes de multiplicar o amor. As ofensas se encolhem diante do brilho ofuscante do perdão. Nenhuma tristeza será para sempre, se houver um pequeno espaço para a alegria. Em todos os tempos e lugares, algumas pessoas fizeram a diferença. Quem ama não desiste de sonhar e de arquitetar um novo jeito de viver. Que a criatividade não entre em férias nunca.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço franciscano! 

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros