Ney Latorraca será homenageado no Festival de Cinema de Gramado - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Premiação10/07/2018 | 13h45Atualizada em 10/07/2018 | 14h03

Ney Latorraca será homenageado no Festival de Cinema de Gramado

Veja também a lista de filmes selecionados para a competição

Ney Latorraca será homenageado no Festival de Cinema de Gramado Canal Viva/Divulgação
Ator receberá Troféu Cidade de Gramado Foto: Canal Viva / Divulgação

As principais novidades relacionadas ao 46º Festival de Cinema de Gramado, que ocorre entre e 17 e 25 de agosto, foram apresentadas durante coletiva na manhã desta terça, em Porto Alegre. Uma das informações mais comemoradas foi a escolha do ator Ney Latorraca como o homenageado deste ano com o Troféu Cidade de Gramado. Além de ter imortalizado diversos personagens na televisão, Latorraca contabiliza 23 longas no currículo. Entre suas incursões pela telona estão Anchieta, José do Brasil (1976), Ópera do Malandro (1985), Carlota Joaquina - Princesa do Brazil (1995), entre outros. Outra condecoração que será entregue durante o festival será para o animador carioca Carlos Saldanha, que ficou conhecido por sua participação em séries de sucesso como A Era do Gelo e Rio. Ele receberá o Troféu Eduardo Abelin, que destaca a trajetória e a contribuição de diretores brasileiros.

Leia mais:
3por4: Filme "O Grande Circo Místico" vai abrir o Festival de Gramado 2018

A mostra competitiva de filmes recebeu, ao todo, 665 inscrições. Foram escolhidos nove representantes brasileiros e cinco estrangeiros (veja a lista completa abaixo). Uma das novidades mais aguardadas da safra que chega vem do diretor de animação gaúcho Otto Guerra. Ele vai apresentar A Cidade dos Piratas, adaptação para as tirinhas Piratas do Tietê, consagradas nos anos 1980 pela cartunista Learte. 

Curta-metragem Subtexto, dirigido e estrelado por Cristian Beltrán
Foto: Reprodução / Reprodução

Único representante de Serra na competição é o curta Subtexto, dirigido pelo chileno Cristian Beltrán (foto acima), que concorre no Prêmio Assembleia Legislativa.

— O que se apresenta em Gramado este ano é um panorama contemporâneo que contempla tanto o cinema de nomes reconhecidos quanto o de revelações e que consegue transitar por diferentes gêneros, com obras tão plurais quanto os cinemas que elas representam — comenta Marcos Santuário, que permanece na curadria do festival ao lado de  Eva Piwowarski e  Rubens Ewald Filho.

Ideia que foi inaugurada na edição comemorativa dos 45 anos de festival, o país convidado da mostra permanece neste ano. A estreia foi com Canadá e, em 2018, a Itália será a responsável por compartilhar tendências, novidades e reflexões de suas produções cinematográficas. 

Confira os filmes em competição 

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS
"10 Segundos Para Vencer" (RJ), de José Alvarenga Jr.
"O Banquete" (SP), de Daniela Thomas
"Benzinho" (RJ), de Gustavo Pizzi
"A Cidade dos Piratas" (RS), de Otto Guerra
"Correndo Atrás" (RJ), de Jeferson De
"Ferrugem" (PR), de Aly Muritiba
"Mormaço" (RJ), de Marina Meliande
"Simonal" (RJ), de Leonardo Domingues
"A Voz do Silêncio" (SP), de André Ristum

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS
"Averno" (Bolívia/Uruguai), de Marcos Loayza
"Las Herederas" (Paraguai/Brasil/Uruguai/França/Alemanha), de Marcelo Martinessi
"Mi Mundial" (Uruguai/Argentina/Brasil), de Carlos Morelli
"Recreo" (Argentina), de Hernán Guerschuny e Jazmín Stuart
"Violeta al Fin" (Costa Rica/México), de Hilda Hidalgo

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS
"À Tona" (DF), de Daniella Cronemberger
"Apenas o Que Você Precisa Saber Sobre Mim" (SC), de Maria Augusta V. unes
"Aquarela" (MA), de Thiago Kistenmacker e Al Danuzio
"Catadora de Gente" (RS), de Mirela Kruel
"Estamos Todos Aqui" (SP), de Chico Santos e Rafael Mellim
"Um Filme de Baixo Orçamento" (SP), de Paulo Leierer
"Guaxuma" (PE), de Nara Normande
"Kairo" (SP), de Fabio Rodrigo
"Majur" (MT), de Rafael Irineu
"Minha Mãe, Minha Filha" (SP), de Alexandre Estevanato
"Nova Iorque" (PE), de Leo Tabosa
"Plantae" (RJ), de Guilherme Gehr
"A Retirada Para Um Coração Bruto" (MG), de Marco Antonio Pereira
"Torre" (SP), de Nádia Mangolini

CURTAS-METRAGENS GAÚCHOS - PRÊMIO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
"À Sombra" (Canoas), de Felipe Iesbick
"O Abismo" (Sapucaia do Sul), de Lucas Reis
"Antes do Lembrar" (Porto Alegre), de Luciana Mazeto e Vinícius Lopes
"Coágulo" (São Leopoldo), de Jéssica Gonzatto
"O Comedor de Sementes" (São Leopoldo), de Victoria Farina
"Um Corpo Feminino" (Porto Alegre), de Thais Fernandes
"Entre Sós" (Porto Alegre), de Caetano Salerno
"Fè Mye Talè" (Encantado), de Henrique Both Lahude
"A Formidável Fabriqueta de Sonhos Menina Betina" (Pelotas), de Tiago Ribeiro
"Gasparotto" (Porto Alegre), de Zeca Brito
"Grito" (Santa Maria), de Luiz Alberto Cassol
"Maçãs em Fogo" (Porto Alegre), de Bruno de Oliveira
"Movimento à Margem" (Porto Alegre), de Lícia Arosteguy e Lucas Tergolina
"Mulher Ltda" (Canoas), de Taísa Ennes
"Nós Montanha" (Porto Alegre), de Gabriel Motta
"Pelos Velhos Tempos" (Porto Alegre), de Ulisses da Motta
"Sem Abrigo" (Porto Alegre), de Leonardo Remor
"Subtexto" (Caxias do Sul), de Cristian Beltrán
"Vinil" (Porto Alegre), de Catherine Silveira de Vargas e Valentina Peroni Freire Barata
"O Viúvo" (Porto Alegre), de Luiz Carlos Wolf Chemale

Leia também:
3por4: Festa Siberia movimenta Casa Perini, em Farroupilha
Agenda: programação do Estação Gramado se estende até 29 de julho
3por4: Espetáculo "Para Sempre Eles" homenageia grandes nomes da música em Caxias
3por4: Estudante de apenas sete anos lança livro em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros