Nivaldo Pereira: sonhos de futuro - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião26/01/2018 | 14h00Atualizada em 26/01/2018 | 14h37

Nivaldo Pereira: sonhos de futuro

Aquário surge para idealizar um outro mundo, mais justo e livre, mesmo que ainda por acontecer

Nivaldo Pereira: sonhos de futuro Charles Segat/
Foto: Charles Segat
Nivaldo Pereira
Nivaldo Pereira

nivaldope@uol.com.br

Aquário é apontado como signo do futuro. Por mais que questões antigas e atuais nos ocupem, sempre há a ânsia pelo amanhã, motivada por desejos de permanências ou mudanças. Como signo do elemento ar, associado a temas sociais e comunicativos, Aquário gosta de pensar numa possível fraternidade entre as pessoas, numa igualdade para todos, em que as diferenças sejam respeitadas. Mas, e quando a realidade mundana se cristaliza, na fase capricorniana, em cima de desigualdades de oportunidades e hierarquia de poderes?

Aí Aquário surge para idealizar um outro mundo, mais justo e livre, mesmo que ainda por acontecer – no futuro! E passa a perseguir esse mundo novo, com ideias e posturas incomuns. É sonho, dirão os mais realistas. Ora – rebatem os aquarianos –, tudo o que há de novo hoje, alguém sonhou com isso antes; então, sonhar é preciso. E vão à luta! Como signo de meio de estação, de natureza fixa, Aquário não se abala com as naturais resistências ao que prega ou assume. Resiste também, na contestação. Por isso, nem tentem dissuadir um aquariano de suas ideias! Ser radical e esquisito pode ter seu encanto.

O símbolo deste signo são ondas, que se irradiam pelo elemento ar. São conceitos humanitários; são inventos e descobertas da ciência; são frequências novas trazendo transgressão e estranheza ao que é ortodoxo. Enfim, são ondas do futuro, abalando estruturas, até serem substituídas por outras, no eterno fluxo cósmico.

Pela dialética dos regentes Saturno e Urano, nem todo sonho aquariano será de vanguarda e renovação. É comum encontrarmos aqueles que, no afã de serem do contra, assumirão posturas conservadoras. Radicalismos à parte, convém haver consciência dos limites no rumo das revoluções. Hoje já vivemos num mundo um dia sonhado por aquarianos do passado: globalizado, conectado, com ciência e tecnologia dando os parâmetros. Diante dessa sofisticação, o sonho de futuro do Aquário pode bem apontar para um retorno ao simples, com o resgate de Gaia, a mãe Natureza primordial. Loucura? E que sonho não começa louco?

Leia também
Dermatologista explica como tratar ou prevenir o temido "torrão" neste verão
Obesidade em cães pode provocar consequências graves
Benta Oliveira de Andrade comemora 100 anos neste sábado e realiza o sonho de dançar a valsa dos 15
Tríssia Ordovás Sartori: correr na rua

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros