Benta Oliveira de Andrade comemora 100 anos neste sábado e realiza o sonho de dançar a valsa dos 15 - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 

Enfim, a valsa26/01/2018 | 14h00Atualizada em 26/01/2018 | 14h35

Benta Oliveira de Andrade comemora 100 anos neste sábado e realiza o sonho de dançar a valsa dos 15

O desafio da família era criar uma experiência desejada por Benta há 85 anos

Benta Oliveira de Andrade comemora 100 anos neste sábado e realiza o sonho de dançar a valsa dos 15 Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Se os preparativos para uma festa de um ano são atribuições dos pais da criança, há a expectativa de que a situação se inverta quando a missão é preparar o aniversário para uma senhora de 100 anos. A responsabilidade passaria, então, a ser dos filhos. Mas essa regra não se aplica quando o assunto é a celebração de Dona Benta Oliveira Andrade Batista. A simpática senhora, nascida em Cazuza Ferreira, comemora, neste sábado, o centenário. 

A tão esperada festa foi observada e comandada pelos conselhos firmes e pitacos bem-humorados de Dona Benta. Desde a lista de convidados, da qual fez questão de enumerar os bem-vindos ou não, até a escolha do vestido e do sapato, ela se envolveu em tudo. Mas, mais do que um interesse genuíno pela organização, a aniversariante tinha em mente outra proposta: que a noite fosse pensada inteiramente nos moldes de uma festa de 15 anos. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 24/01/2018 - Dona Benta Oliveira Andrade Batista comemora os 100 anos no próximo sábado com uma festa. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

– Quando começamos a discutir sobre a festa, logo pensamos em fazer um grande almoço. Enquanto discutíamos, ela ficou quieta, escutando. De repente, virou pra nós e disse: olha, almoço é coisa de velho, e chá da tarde é pra criança. Eu quero uma festa de 15 anos – conta Rosangela Batista, a filha mais velha.

Assim, o encontro começou a se desenhar: o desafio era criar uma experiência desejada por Benta há 85 anos. Quando o vestido e os sapatos já estavam comprados, o próximo passo foi pensar na tradicional valsa.

– Hoje (quinta-feira) ela vai ensaiar a valsa com o irmão dela. Ela mesma escolheu a música – relata Rosangela.

A canção, que a família não recordou o nome na hora, foi facilmente identificada através de um verso que Dona Benta cantou: O nosso amor traduzia / felicidade e afeição / suprema glória que um dia / tive ao alcance da mão. Os versos são de E o Destino Desfolhou, composta por Mário Rossi e Gastão Lamounier, e eternizada na voz de Paulo Sérgio, no início da década de 1970. A canção fala de amor, perda e saudade, desta vez tem a função de resgatar um sentimento que Dona Benta guardou por um longo tempo: a sensação da realização de um sonho, já que quando tinha 15 anos, em 1932, o desejo ficou para trás, devido às dificuldades financeiras da família na época. 

– Mas agora é a minha vez – comemora Benta. 

Os preparativos

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 24/01/2018 - Dona Benta Oliveira Andrade Batista comemora os 100 anos no próximo sábado com uma festa. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A organização da festa, mesmo sendo supervisionada de perto pela aniversariante, envolveu toda a família. Primos, filhos, sobrinhos, neta e amigos se disponibilizaram para ajudar, desde as fotos e gravações até a confecção do convite.

– O Marco Antônio, genro dela, pediu para ajudar, disse que queria dar uma festa de presente para a sogra. Ele que projetou e realmente começou a organizar tudo, ir atrás, ver o que ela queria, pensar nas fotos, etc. A família toda se envolveu com ele. Eu fiquei com a parte mais trabalhosa, que é fazer os convites, distribuir, ver o local, o número de convidados, o buffet – conta Rosângela.

Ela conta que, quando estavam montando a lista de convidados, foi preciso lembrar algumas coisas, como uma convidada que Benta queria muito que comparecesse, mas já não estava viva. A lista final somou cerca de 200 convidados – sendo que o salão comporta em torno de 160. A disputa por um lugar especial na festa é o resultado de 100 anos em que Benta conquistou e cultivou amigos, com um jeito doce e bondoso. 

O vestido rosa, que geralmente aparece com destaque nas festas de 15 anos, também vai estar presente na festa de Dona Benta. Segundo a filha, a primeira ideia era um vestido longo, todo vermelho, exaltando a paixão dela pelo Internacional.

– Como ela é torcedora fanática, queria um vestido vermelho. Mas, depois, acabou escolhendo o rosinha, arrumou um casaco diferente, mais escuro, e compôs a roupa. Por fim, escolheu os sapatos. Olhou para mim e disse: perfeito! – recorda.

Rotina animada

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 24/01/2018 - Dona Benta Oliveira Andrade Batista comemora os 100 anos no próximo sábado com uma festa. NA FOTO: Dona Benta cercada pela filha Rosangela Batista, o filho Lindoberto Antonio Batista e pela neta,  Muriel Batista da Silva. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Todo dia, a atenção de Dona Benta voltada para algo diferente. Quando não está cansada, conta histórias e passeia pela casa. Costura, conversa com a neta e ocupa um espaço especial na cozinha da casa. A boa saúde, entretanto, foi posta a prova há seis anos, quando teve um problema sério na vesícula e precisou passar por um delicada cirurgia: 

– O médico me disse que na idade dela era muito difícil sobreviver, mas que precisava ser feito. Então, chamamos toda a família e esperamos. Ela fez a cirurgia, se recuperou e hoje está aqui – celebra Rosângela.

“Meus 100 aninhos”, destacados no convite da festa, vão contar também com uma seleção de fotos e filmagens feita pela família, em que Dona Benta aparece. Rosangela conta que os vídeos serão transmitidos durante o jantar, mas apenas depois do momento principal: a tão esperada valsa, que Dona Benta espera há 85 anos:

– Está tudo programado: ela vai entrar no salão dançando a valsa. Depois vai ter a janta, os doces e, por fim, é claro, o baile!

Leia também
Dermatologista explica como tratar ou prevenir o temido "torrão" neste verão
Nivaldo Pereira: sonhos de futuro
Obesidade em cães pode provocar consequências graves
Tríssia Ordovás Sartori: correr na rua


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros