Impeachment do prefeito de Caxias: Guerra pagou o preço pela falta de diálogo - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Mirante22/12/2019 | 17h40Atualizada em 22/12/2019 | 18h08

Impeachment do prefeito de Caxias: Guerra pagou o preço pela falta de diálogo

Desde o início do seu governo, colecionou conflitos e atitudes de enfrentamento ou revide

Impeachment do prefeito de Caxias: Guerra pagou o preço pela falta de diálogo Diogo Sallaberry/Agencia RBS
O agora prefeito afastado Daniel Guerra (Republicanos) pagou o preço por seu jeito de governar Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

O agora prefeito afastado Daniel Guerra (Republicanos) pagou o preço por seu jeito de governar. Desde o início do seu governo, colecionou conflitos e atitudes de enfrentamento ou revide. Provavelmente a mais emblemática  ao longo da turbulenta trajetória de menos de três anos à frente do governo, por seu caráter ilustrativo, tenha sido a que envolveu o chamado "corretivo" contra o presidente da associação dos moradores do Cânyon, Marciano Corrêa. 

Há um sem número de outros conflitos, que se estabeleceram a partir de uma falta de diálogo reconhecida e identificada de forma generalizada por entidades representativas da comunidade. E deve ser incluído no pacote o mau jeito na relação com os vereadores. Até o líder do governo, Renato Nunes (PR), em uma fala contundente e emocionada neste domingo, momentos antes da votação, disse que tentou alertar o prefeito. Em vão.

Leia mais
Após deixar a Câmara durante a votação do impeachment, defesa de Guerra assina decreto de afastamento
Lideranças acham impeachment ruim para a imagem de Caxias, mas acreditam que decisão trará retomada de diálogo
Prefeito afastado de Caxias se manifesta sobre o impeachment: "maior ataque à democracia"
Em nota, CIC espera que novo prefeito pregue harmonia e recupere a autoestima de Caxias do Sul
Como foi a votação dos tópicos da denúncia de impeachment contra o prefeito Daniel Guerra
Prefeito afastado de Caxias do Sul malhava em academia no momento da votação

O prefeito não alterou seu jeito e seu estilo, mesmo diante da luz amarela, que foi se avermelhando, de um pedido de impeachment após o outro, até chegar a sete. Neste domingo histórico para Caxias, 22 de dezembro, Guerra pagou o preço. Talvez nem tanto pelos tópicos da última denúncia contra ele, que são frágeis. Mais por seu jeito de governar.

O prefeito-gestor foi um mau gestor de sua relação com a comunidade.

Leia também
Motociclista embriagado colide contra viatura da Brigada Militar em Caxias do Sul
Criminoso é preso ao tentar assaltar policial de folga em Caxias do Sul
Homem é morto a tiros perto do Estádio Centenário, em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros