Polícia Civil prende companheira de idoso morto durante assalto em Bom Jesus - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Latrocínio25/01/2019 | 14h31Atualizada em 25/01/2019 | 14h31

Polícia Civil prende companheira de idoso morto durante assalto em Bom Jesus

A mulher teria planejado e participado do roubo, no início de janeiro

Polícia Civil prende companheira de idoso morto durante assalto em Bom Jesus Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A Polícia Civil de Bom Jesus prendeu Janilda Aparecida Fernandes, 51 anos, pelo assalto e assassinato de João Batista Boeira de Camargo, 85, na madrugada de 6 de janeiro. Conforme a investigação, a mulher, que mantinha um relacionamento com o idoso, planejou e participou do roubo de pelo menos R$ 4 mil que o aposentado iria levar para a praia neste verão. 

Leia mais:
Latrocínio de idoso em Bom Jesus teria ocorrido a mando de funcionária

Em depoimento, dois adolescentes de 17 anos afirmaram que o crime havia sido planejado por Janilda, que trabalharia para a vítima. Apesar de confessarem o assalto, os adolescentes não confessam ou explicam como aconteceu a morte de Camargo.  O idoso foi sufocado.

A investigada teria afirmado aos adolescentes que Fernandes guardava R$ 12 mil em uma gaveta no quarto. Esse é o móvel foi encontrado com o forro arrancado na cena do crime. O montante de dinheiro roubado, contudo, não é confirmado pela Polícia Civil. Na época do crime, o que foi divulgado era o roubo de pelo menos R$ 4 mil.

O mandado de prisão preventiva contra Janilda foi cumprido na manhã desta sexta-feira (25). O inquérito policial está em fase de conclusão e deve ser remetido ao Poder Judiciário na próxima semana.

Os procedimentos sobre o envolvimento dos adolescentes foram encaminhados para o Ministério Público, que é o responsável por decidir por uma possível internação.  Conforme a última manifestação da Polícia Civil, os dois jovens prosseguiam em liberdade.

Leia também:
Confira quando as escolas públicas municipais da Serra retomam as aulas
Pelo menos oito vagas abertas com saída de médicos cubanos na Serra não foram preenchidas

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros