Polícia Civil prende homens ligados a estelionato nos Campos de Cima da Serra  - Polícia - Pioneiro

Organização criminosa25/08/2017 | 08h53Atualizada em 25/08/2017 | 08h53

Polícia Civil prende homens ligados a estelionato nos Campos de Cima da Serra 

Leonardo da Silva Benfica e Antônio Henrique Alves da Silveira são os líderes da quadrilha e estão foragidos

Polícia Civil prende homens ligados a estelionato nos Campos de Cima da Serra  Polícia Civil / divulgação/divulgação
Foto: Polícia Civil / divulgação / divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A Polícia Civil prendeu três homens na quinta-feira na região dos Campos de Cima da Serra relacionados a casos de estelionato em todo o Estado. Uma prisão ocorreu em Vacaria e a outra em Bom Jesus. Segundo informações da polícia, a organização criminosa tinha sede em Caxias do Sul.

Segundo a investigação, os criminosos procuravam veículos em sites especializados e compravam através de depósitos de cheques furtados, roubados, sem fundos, com assinatura divergente, entre outras irregularidades.
Quando as vítimas constatavam o crime, os golpistas já haviam desaparecido. Escutas telefônicas, autorizadas pelo Poder Judiciário, flagraram conversas realizadas entre os bandidos e também com as vítimas.

Na quinta-feira, André Luís Lopes Pinto, 44 anos, e Carlisson Alan Brito de Araújo, 30 anos, foram presos em Vacaria no momento em que tentavam vender um veículo fruto de um estelionato. Conforme a polícia, eles são membros da quadrilha.

Leia mais
Mulher que matou irmã em Bento Gonçalves tem prisão decretada
Polícia de Gramado apreende carro de luxo e R$ 50 mil em banca de jogo do bicho


Já em Bom Jesus, foi detido, após ter comprado um veículo com o mesmo modelo de golpe, um homem identificado como Adão Dejanir da Silva Oliveira, 47 anos.

Ainda segundo a Polícia Civil, a quadrilha é liderada por Leonardo da Silva Benfica, e por Antônio Henrique Alves da Silveira. Eles faziam os primeiros contatos por telefone com as vítimas e acionavam os criminosos que praticavam os golpes pessoalmente em todo o Estado. Eles tiveram a prisão preventiva decretada e são considerados foragidos da Justiça.

A Operação foi realizada pela Delegacia de Bom Jesus, com apoio de Policiais Civis de Vacaria e de Caxias do Sul.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros