Oceanógrafo de São Marcos morre em tentativa de assalto, em Santa Catarina - Polícia - Pioneiro

Polícia01/01/2017 | 20h04Atualizada em 02/01/2017 | 08h49

Oceanógrafo de São Marcos morre em tentativa de assalto, em Santa Catarina

William Gardelin, 29 anos, residia há anos em Balneário Camboriú

Oceanógrafo de São Marcos morre em tentativa de assalto, em Santa Catarina Reprodução / Facebook/Facebook
Foto: Reprodução / Facebook / Facebook
Pioneiro
Pioneiro

Natural de São Marcos, o oceanógrafo William Gardelin, 29 anos, morreu em uma tentativa de assalto em Balneário Camboriú, na madrugada deste domingo. Conforme informações do Diário Catarinense (DC), a Divisão de Investigação Criminal (DIC) da cidade litorânea assumiu a investigação do caso e nenhum suspeito havia sido identificado.

De acordo com dados repassados à Central de Emergências 190, uma testemunha viu Gardelin sendo vítima de uma tentativa de roubo e, após reagir e entrar em luta corporal com o criminoso, o oceanógrafo foi atingido por um tiro no tórax.

Leia mais
Homem é morto com tiro na cabeça em Vacaria
Agência do Sicredi é atacada em Nova Pádua


 O Samu realizou os atendimentos de emergência e encaminhou a vítima para o Hospital Ruth Cardoso com vida, onde ele morreu por volta das 9h30min. A ocorrência foi registrada na Rua 2650, entre as avenidas 3ª e Brasil.

Os pais de Gardelin são comerciantes e ainda moram em São Marcos, mas o oceanógrafo residia havia anos em Santa Catarina. O corpo do são-marquense está sendo velado em Balneário Camboriú, onde será cremado.


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros