Em um dia, 383 casos de descumprimento do decreto em prevenção ao coronavírus são denunciados em Caxias - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Quarentena24/03/2020 | 14h44Atualizada em 24/03/2020 | 14h46

Em um dia, 383 casos de descumprimento do decreto em prevenção ao coronavírus são denunciados em Caxias

Alô Caxias atendeu a mais de 1.200 ligações na segunda-feira (23)

Em um dia, 383 casos de descumprimento do decreto em prevenção ao coronavírus são denunciados em Caxias Lucas Amorelli/Agência RBS
Mesmo com a cidade mais tranquila nesta semana, foram registrados casos de comércio funcionando irregularmente Foto: Lucas Amorelli / Agência RBS

Somente nesta segunda-feira (23), 1.205 ligações foram atendidas pelo Alô Caxias, canal de recebimento de denúncias e esclarecimento de dúvidas sobre o coronavírus na cidade. Com isso, foram registradas 383 denúncias de descumprimento do decreto municipal em prevenção à covid-19. O documento foi assinado na última sexta-feira (20) e obriga o fechamento de vários segmentos do comércio em Caxias do Sul, como forma de evitar a circulação de pessoas nas ruas.

Leia mais
Saiba como denunciar estabelecimentos com atendimento irregular em Caxias do Sul
Quase 30 estabelecimentos são notificados por não cumprirem decreto em Flores da Cunha
Bingo é autuado em R$ 35 mil por descumprir decreto em Caxias do Sul 

Conforme a prefeitura, os bairros com maior número de reclamações foram Santa Fé, Serrano, Cruzeiro e Bela Vista. Os casos envolvem bares, ferragem, material de construção, salão de beleza e mecânica. No entanto, as ligações também mencionavam grande circulação de pedestres. As denúncias foram repassadas à Secretaria do Urbanismo (SMU), que fiscaliza o cumprimento do decreto.

No último sábado (21), primeiro dia da quarentena, mais de 330 estabelecimentos foram advertidos em Caxias por estarem abertos e descumprirem a medida. Na ocasião, a Secretaria do Urbanismo advertiu mecânicas, salões de beleza, quadras de esporte, bares e lancherias.  

A situação se repete em outros municípios da Serra: em Flores da Cunha, 28 estabelecimentos foram notificados desde a última sexta-feira (20) por não cumprirem com as determinações do decreto de calamidade pública diante da pandemia de coronavírus.

Leia também
Bombeiros fazem parto de bebê dentro de unidade de resgate em Bom Princípio
Em época de isolamento contra o coronavírus, confira como fica o pagamento de contas
Caxiense que estava "preso" em aeroporto na República Dominicana consegue embarcar em voo de volta

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros