Ruas do entorno da EPI Imigrante, em Caxias, serão asfaltadas - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Infraestrutura15/10/2019 | 11h02Atualizada em 15/10/2019 | 13h15

Ruas do entorno da EPI Imigrante, em Caxias, serão asfaltadas

Medida permitirá a adequação na rota das linhas que atendem bairros da zona leste da cidade

Ruas do entorno da EPI Imigrante, em Caxias, serão asfaltadas Leonardo Portella/Divulgação
Obras ainda não têm data para começar Foto: Leonardo Portella / Divulgação

As Ruas Ernesto Marsiaj e Higino Onzi, que contornam a Estação Principal de Integração (EPI) Imigrante, em Caxias do Sul, serão asfaltadas nos próximos meses. A intenção é melhorar a infraestrutura para criar uma nova rota para os ônibus que saem do terminal em direção aos bairros da zona leste da cidade. A licitação para contratar a obra terá as propostas conhecidas no fim do mês.

Leia mais
Licitação para pavimentação da Luiz Michelon, em Caxias, não tem interessados

Atualmente, os ônibus que saem da EPI e seguem em direção ao bairro Cruzeiro, por exemplo, precisam passar por baixo do viaduto Mário Vanin e acessar a BR-116 via Avenida Júlio de Castilhos. Em seguida, seguem pela rodovia federal até a Rua José Bisol, onde acessam as ruas Angelina Michelon e Rodrigues Alves para seguir aos bairros. Com o asfaltamento, os veículos poderão contornar a EPI pelas ruas Ernesto Marsiaj e Higino Onzi, o que não é possível atualmente devido ao tipo de calçamento das vias, que têm forte inclinação.

— Os ônibus não conseguem subir. Por questão de segurança viária, é necessário asfaltar para dar a aderência necessária. Os paralelepípedos acabam deixando escorregadio. E também (será asfaltado) para o próprio conforto do usuário, porque os paralelepípedos acabam deixando a via escorregadia — afirma o secretário de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares.

Oito linhas serão atingidas pelas mudanças quando as obras estiverem concluídas. Juntas, elas movimentam cerca de 20 mil pessoas por dia. A estimativa da secretaria é que, juntos, os ônibus deixem de percorrer 2,6 mil quilômetros por semana, reduzindo também o tempo de trajeto.

A obra, que ainda não tem data para começar, está orçada em cerca de R$ 1 milhão e será paga com recursos do município, segundo Soares. Em 2015, o município chegou a lançar uma licitação para o asfaltamento das vias, mas não houve interessados. O edital previa também recapeamento e implantação de ciclofaixa na Rua Luiz Michelon e readequação de canteiros na BR-116 com a Rua Sinimbu.

No ano passado, as intervenções na BR-116 foram realizadas pela Codeca. Já as mudanças na Rua Luiz Michelon ainda estão em fase de projeto, segundo Soares.

Linhas que serão atingidas

Cruzeiro
Bela Vista
Planalto/Santos Anjos
Planalto/São Victor
Vila Leon
Vila Mari
Vitória
Campos da Serra/De Zorzi/São Luís

Leia também:
Prefeitura de Caxias confirma veto total ao substitutivo do Plano Diretor aprovado pela Câmara de Vereadores
"Se o prefeito (Daniel Guerra) está tão queimado, esperem as eleições", diz secretário da Saúde de Caxias
Protocolado pedido de cassação de vereador de Bento Gonçalves 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros