Daer fará reparos na ERS-122 e em outras quatro rodovias estaduais na Serra - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Infraestrutura17/06/2019 | 19h07Atualizada em 17/06/2019 | 20h42

Daer fará reparos na ERS-122 e em outras quatro rodovias estaduais na Serra

Duas superintendências da região somam R$ 18,6 milhões em investimento

Daer fará reparos na ERS-122 e em outras quatro rodovias estaduais na Serra Porthus Junior/Agencia RBS
ERS-122, entre Farroupilha e São Vendelino, terá prioridade de investimento do Daer na Serra Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Juntas as duas superintendências do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) com sede na Serra – a 2ª em Bento Gonçalves e a 15ª em São Francisco de Paula – somarão R$ 18,6 milhões que serão investidos na recuperação de cinco rodovias estaduais da região. Uma das prioridades é a ERS-122, principal ligação entre os municípios da Serra à Região Metropolitana. As outras quatro são a RSC-453 (em Caxias do Sul, Farroupilha, Bento Gonçalves e Garibaldi), a VRS-827 (Nova Petrópolis), ERS-020 (São Francisco de Paula), a ERS 110 (que liga São Francisco de Paula a Bom Jesus).

Leia mais
ERS-020, em Cambará do Sul, vai receber R$ 3,5 milhões para concluir obra de asfaltamento
Nova Petrópolis decreta emergência por causa das más condições da VRS-827
VÍDEO: confira as condições da ERS-122 e RSC-453 na Serra

Segundo o engenheiro civil, Sandro Wagner, que coordena a duas superintendências, nesta terça-feira será feita uma vistoria na VRS-827, na localidade de Linha Temerária, porque o péssimo estado de conservação virou processo na justiça. Com isso, o caso terá uma pronta resposta.

– A 122 é a nossa prioridade. Vamos alinhar um plano de trabalho com a empresa que deve começar nos próximos dias com a mobilização. Vamos começar entre São Vendelino e Farroupilha que é o mais crítico e, depois, o trecho do Viaduto Torto até a Codeca, em Caxias – declarou o superintendente.

Na quarta-feira, Wagner deve se reunir com as empresas que detém os contratos de conserva das rodovias nas duas superintendências, a Encopav, no caso de Bento, e a Dalfovo, na região de São Francisco de Paula. O encontro servirá para determinar as ações a serem realizadas. Mas Wagner já adiantou que será feito um trabalho melhor do que o simples tapa-buracos em que é colocado asfalto no buraco e passado rolo.

– Vamos esquadrejar (marcar e recortar) o buraco, limpar, ver se falta base, completar com a base, completar com asfalto, vai ficar bem executado. Esses recursos não nos permitem recapeamento como gostaríamos. Estamos dando um primeiro passo para enfrentar as condições de Inverno – explicou Wagner.

Além dos reparos nessas rodovias, um trecho da ERS-020, em Cambará do Sul, terá a obra de pavimentação retomada.

Leia também:
Estacionamento da Sinimbu não terá alterações 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros