Patrola na Dante: um símbolo - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Comunidade31/05/2019 | 19h22Atualizada em 31/05/2019 | 19h22

Patrola na Dante: um símbolo

Leia a opinião de Ciro Fabres sobre a retirada de banca da praça

Patrola na Dante: um símbolo Antonio Valiente/Agencia RBS
Máquina entrou rasgando na Praça DanteAlighieri Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

A forma como a prefeitura de Caxias do Sul optou por remover uma das bancas de jornais e revistas da Praça Dante Alighieri, na tarde de quinta-feira (30), foi desastrosa: remete à destruição, à falta de cuidado, com o cenário urbano, com a história, com a memória afetiva de muitas pessoas. E foi no coração da cidade. O mau jeito transmite um recado à população: o que não serve mais, a gente tira da frente. Simples assim.

Leia mais
Banca de revista da praça Dante, em Caxias, é demolida pela prefeitura

As máquinas que entraram rasgando tornam-se o símbolo de um estilo de administrar. Não precisava ser assim, se fosse o caso da retirada da banca. Poderia ser feita a desmontagem da estrutura com reaproveitamento de materiais. Antes, deveria ter sido buscado o consenso, o convencimento. Todas essas alternativas foram abandonadas pela prefeitura, que optou pela demolição rápida, sem discussão, sem cuidado.

Leia também
Ciro Fabres: há 30 anos
Ciro Fabres: a vertigem e as dores
Ciro Fabres: o massacre ao erro


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros