Família lutou para escapar de chuva de granizo e queda de telhas em Flores da Cunha - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Temporais31/10/2018 | 15h38Atualizada em 31/10/2018 | 16h24

Família lutou para escapar de chuva de granizo e queda de telhas em Flores da Cunha

Agricultores da Linha Cem perderam móveis e parreirais

Família lutou para escapar de chuva de granizo e queda de telhas em Flores da Cunha Porthus Junior/Agencia RBS
Parte do telhado de zinco caiu na plantação e outra foi arremessada para uma distância de 500 metros Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os poucos minutos do temporal que provocou grandes estragos em  cidades da Serra serão inesquecíveis para o agricultor Wellington Pimentel. Pouco antes da meia-noite de terça-feira, ele ouviu um estrondo seguido pelo som do granizo salpicando o telhado da casa na localidade de Linha 100, interior de Flores das Cunha. A primeira reação dele foi sair de casa para guardar uma moto exposta ao relento. A partir daquele instante, o agricultor se viu em meio a uma luta pela sobrevivência.

Pimentel empurrava a moto quando o vento arrancou o telhado da casa onde estava a mulher e a enteada de cinco anos. Assustado, correu para dentro da moradia para proteger a família. Quase ao mesmo tempo, os vidros das janelas começaram a estourar com a força da ventania. Um galho de pinheiro caiu sobre parte da cobertura, folhas e telhas voavam em volta e a luz apagou. Parecia o fim do mundo.

— Foi muito forte o que aconteceu. Só pensei em pegar a minha filha e minha mulher para sair dali e buscar refúgio na casa dos meus sogros (ao lado) — relembra Pimentel.

Leia mais
Granizo causa estragos na agricultura em mais de 10 municípios da Serra
Chuva de granizo danifica moradias em Bom Jesus
Granizo causa danos nas zonas rural e urbana de São Marcos
Temporal causa destelhamento de centenas de casas em Flores da Cunha
Temporal com vento forte destelha casas e derruba árvores em Caxias e região
Árvores e postes obstruem ruas de Caxias após temporal

 

Sob a chuva e o granizo castigando a casa de madeira, pais só tiveram tempo de enrolar a menina num cobertor para protegê-la. Descalços, o agricultor e a mulher cortaram os pés ao pisarem sobre os cacos de vidro. Lá fora, correram entre pedaços de telha de zinco e fibrocimento que sobrevoavam a propriedade.

Quando chegaram na casa dos sogros, cerca de 10 metros adiante, mais um baque: o temporal também havia arrancado a cobertura da moradia. Perto dali, a residência de outros familiares também estava danificada.

Desesperados, todos correram para a casa dos empregados, único imóvel intacto.

— Correr com aquele granizo te atingido não é fácil — descreve Pimentel.

 FLORES DA CUNHA, RS, BRASIL, 31/10/2018. Temporal causa destelhamento  de casas e escolas em Flores da Cunha. Escolas do município e a própria sede do Corpo de Bombeiros foram afetadas pela forte chuva que atingiu a região nas últimas horas. Telhas de zinco são vista em parreiral  da Linha 100, interior de Flores da Cunha. (Porthus Junior/Agência RBS)
Moradias dos familiares de José Romano ficaram destelhadasFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

Na manhã desta quarta-feira, a família estava desolada. A propriedade pertence ao sogro de Pimentel, José Romano. Havia pedaços de telhas espalhadas, o cão de guarda estava agitado e o prejuízo era incalculável. Várias folhas de zinco caíram sobre o parreiral ao lado e outras foram arremessadas por aproximadamente 500 metros. Dentro das moradias, a destruição era visível: móveis, eletrodomésticos, roupas, colchões e sofás encharcados. No final da manhã, a água da chuva ainda pingava sobre o piso de madeira. Triste, Romano apontou para dois parreirais da variedade isabel depenados pelo granizo. 

— Tudo que tinha ali no parreiral está perdido — desabafa o viticultor.

Romano estima ter perdido uma colheita futura de 30 toneladas de uva. A família não tinha seguro e o dinheiro da safra poderia cobrir os gastos para reparar os estragos das moradias. Agora, é uma incógnita. A desgraça só não foi pior porque parte da plantação, numa parte mais afastada, escapou do temporal, um indicativo de que a forte ventania foi localizada. Uma noite para não esquecer.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros