Antiga Santa de Caravaggio ganha novas feições, em Farroupilha - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Escultura28/02/2018 | 09h00Atualizada em 28/02/2018 | 09h00

Antiga Santa de Caravaggio ganha novas feições, em Farroupilha

Obra sacra está instalada nos fundos do santuário e ainda não tem prazo para ser concluída completamente

Antiga Santa de Caravaggio ganha novas feições, em Farroupilha Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro

A antiga imagem de Nossa Senhora de Caravaggio, que foi alvo de polêmica pelas feições consideradas pouco harmoniosas, está em processo de remodelação há cinco meses no Recanto do Rosário, nos fundos do santuário, em Farroupilha

Leia mais:
Conheça a nova estátua de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha
Estátua de Nossa Senhora de Caravaggio poderá ser trocada, na RSC-453, em Farroupilha

A estátua da camponesa italiana Joaneta (para quem a santa apareceu) está em fase final e deve ser concluída nos próximos dias. Já a estrutura da santa permanece com a base de isopor, utilizada na estátua original, mas as formas ainda estão indefinidas. Não há previsão, por enquanto, de quando a obra será entregue à comunidade.

A reestruturação da imagem é concebida pelo artista Gilmar Pocai que, entre outras obras, é o responsável pelo monumento em homenagem à padroeira de Caxias do Sul, Santa Teresa de Ávila, na Avenida São Leopoldo, próximo à BR-116, e também pela nova imagem de Caravaggio que foi posicionada na RSC-453 em agosto de 2016.

A intenção da remodelação  da antiga imagem é trazer traços mais humanos e delicados às estátuas que simbolizam o aparecimento de Nossa Senhora de Caravaggio à Joaneta. À época da instalação na rótula da SC-453, em 2008, houve polêmica em torno do visual do rosto da santa e a imagem acabou sendo removida em dezembro de 2015 e substituída por outra.  

– Desta vez, tudo foi pensado: a proporção, o realismo, a delicadeza. A proposta é humanizá-la, pois antes lembrava uma caricatura – diz Pocai. 

 FARROUPILHA, RS, BRASIL (27/02/2018). Imagem de Caravaggio que foi confecionada em resina está sendo trnasformada em concreto pelo escultor Gilmar Pocai.  NOSSA SENHORA DE CARAVAGGIO 2018. (Roni Rigon/Pioneiro)
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Além disso, as imagens ganharam novas medidas – a estrutura de Caravaggio, por exemplo, passou de 8 metros de altura para 5 metros. A alteração no tamanho da base foi definida para ficar mais harmoniosa no espaço escolhido para recebê-la, o jardim do Recanto do Rosário, onde os fiéis costumam orar ao ar livre, nos fundos do santuário. 

– O lugar também é excelente, porque as pessoas vêm aqui pra tomar chimarrão e ver o pôr do sol – complementa o artista.

Conforme Pocai, as bases das imagens antigas, de isopor e fibra de vidro, foram aproveitadas parcialmente, porque são altamente inflamáveis. As estruturas serão revestidas com ferro, tela e concreto. Um olho d’água estará entre Joaneta e Nossa Senhora. 

A etapa final é a pintura. Em princípio, as imagens devem ser monocromáticas, segundo o artista. Ou seja, terão uma cor só, ao contrário da estátua colorida instalada na rótula da RSC-453. 

– Alteramos também a posição das imagens. Elas estão mais próximas e levemente inclinadas para o santuário. A ideia é tirar um pouco o ar estático delas. A Joaneta também não ficará com as mãos cruzadas, como na versão antiga– explica Pocai, que dedica de oito a 10 horas diárias para a restauração. 

Investimento

O custo da restauração deve ser de R$ 60 mil e virá de recursos obtidos com a venda do Manual dos Devotos, livro desenvolvido pela equipe do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio. 

Leia também:
Já são oito vetos do prefeito rejeitados pela Câmara de Caxias do Sul em 2018
Prefeitura de Caxias recebe cerca de 100 notificações por  mês por problemas em calçadas
Caxias tem 29 famílias atendidas na FAS após perdas em incêndios em seis meses

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros