Pardais serão reinstalados em rodovias estaduais em três meses - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Controladores21/11/2019 | 15h27Atualizada em 21/11/2019 | 15h27

Pardais serão reinstalados em rodovias estaduais em três meses

Edital contempla, entre outros trechos, a ERS-122 entre a Serra e a região metropolitana de Porto Alegre e a Rota do Sol

Pardais serão reinstalados em rodovias estaduais em três meses Lauro Alves/Agencia RBS
Edital contempla, entre outros trechos, a ERS-122 entre a Serra e a região metropolitana de Porto Alegre e a Rota do Sol Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Parte das rodovias estaduais deve voltar a ter os controladores de velocidade instalados em cerca de três meses nos mesmos pontos onde ficavam durante os contratos anteriores, que terminaram em julho. Entre os trechos que voltarão a ser monitorados está o da ERS-122 entre Portão e Caxias do Sul, abrangendo a fiscalização de 16 faixas de tráfego, e também a Rota do Sol, desde o trecho de Venâncio Aires da RSC-453 até o distrito de Tainhas, em São Francisco de Paula, somando 10 faixas monitoradas. O edital também prevê a instalação de câmeras de monitoramento e dispositivos de leitor automático de placas.

Leia mais
Pardais estão sendo desligados: confira quais estão nas rodovias da Serra

Foram realizados em setembro pelo governo do Estado dois pregões para contratar os serviços, cada um abrangendo determinados trechos de rodovias estaduais. Uma das licitações foi vencida pela empresa Perkons, enquanto a outra foi judicializada por uma das empresas participantes da concorrência, e ainda aguarda uma decisão da Justiça.

Conforme a Secretaria do Planejamento, a empresa que venceu o primeiro edital já passou por avaliação técnica do Daer e também não teve nenhum apontamento por parte da Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (Cage). Agora, o pregão terá o resultado homologado e publicado na sexta-feira (22) no Diário Oficial do Estado. Com isso, o processo vai retornar da Central de Licitações (Celic) para a Secretaria de Logística e Transportes, que ficará encarregada da assinatura do contrato.

Conforme o Daer, assim que o processo retornar da Celic, a previsão é colocar os pardais licitados em funcionamento em aproximadamente 90 dias. Além da ERS-122 entre Portão e Caxias e da Rota do Sol,  São contemplados trechos da ERS-030, entre Osório e Tramandaí, ERS-040, entre Viamão e Balneário Pinhal, ERS-239, entre Novo Hamburgo e Rolante, e ERS-389 (Estrada do Mar), entre Osório e Torres.

O outro processo, que está judicializado, abrange, na Serra, os trechos da ERS-122 entre Farroupilha e São Vendelino, da BR-470 entre Nova Prata e Bento Gonçalves e da ERS-324 entre Passo Fundo e Nova Prata. Por conta disso, ainda não há uma previsão de quando deverá ocorrer a reinstalação dos equipamentos.

Leia também
Ação incentiva doação de sangue em Caxias do Sul
A favor dos professores, estudantes cobram posição de vereadores em Caxias do Sul
Na Cozinha: veja essa receita de frango ao molho de laranja 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros