Presidente do Caxias explica mudança de postura em acordo com o Juventude - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Ca-Ju04/06/2020 | 16h02Atualizada em 04/06/2020 | 18h18

Presidente do Caxias explica mudança de postura em acordo com o Juventude

Inicialmente, o acerto era para que os dois clubes retornassem ao mesmo tempo

Presidente do Caxias explica mudança de postura em acordo com o Juventude Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O Caxias inicia o processo de retomada das atividades nesta sexta-feira (5), quando os profissionais do clube serão testados para a covid-19. Após os resultados, que saem entre 24 e 48 horas, será marcado o retorno aos treinos físicos seguindo os protocolos de segurança estabelecidos pelo departamento médico do clube. 

Leia Mais
Ex-técnico da dupla Ca-Ju passa bem após ser internado com arritmia cardíaca

No entanto, a testagem acontece um dia antes da nova atualização do modelo de distanciamento controlado do governo estadual. Atualmente, a região de Caxias do Sul está na bandeira laranja, o que permite os treinos com restrições. Porém, caso seja alterada para bandeira vermelha, isso impossibilitaria a retomada das atividades. O Caxias está ciente disso, mas, mesmo assim, entende que realizar os exames agora é importante.

- Estamos em contato com os órgãos de saúde do município. Eu também faço contato direto com diretores das unidades de saúde de Caxias do Sul.  A gente acredita que, dentro dessa situação, a nossa região possa manter a bandeira laranja, mas é importante para o clube saber se alguém do elenco, da comissão técnica e dos funcionários estiveram ou estão contaminados para tomar as ações necessárias. É uma atitude de prevenção. Parece prematuro, mas nos dará ideia de como está a saúde de todos envolvidos com o futebol - disse o presidente Paulo Cesar Santos, que ressalta ser importante para o Caxias essa volta:

- É necessário retornar, porque há praticamente uma data estipulada, de 15 de julho. Precisamos voltar aos treinos, com todos os protocolos, para condicionamento físico dos atletas. É importante, porque já estamos na final do Campeonato Gaúcho 2020 e queremos este título. 

Mudança de postura

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL (12/03/2020)Treino do SER caxias no Estádio Centenário. (Antonio Valiente/Agência RBS)<!-- NICAID(14449113) -->
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Em maio, uma reunião da dupla Ca-Ju com o prefeito Flávio Cassina definiu que os clubes voltariam a treinar no mesmo período. No entanto, o Caxias preferiu mudar a postura e nesta semana apresentou o pedido individual ao órgão municipal. 

- Hoje, o clube que tem possibilidade de ser campeão gaúcho somente é o Caxias. E o Caxias tem que ver suas prioridades. Como também, logo após aquela reunião, o Juventude tomou as suas prioridades, em questão de treinamentos dos seus atletas. Nós temos a nossa prioridade de estar prontos para a disputa das finais do Gauchão. O Juventude deve ter a sua preparação e sua filosofia. A sua direção sabe dos seus compromissos assumidos. Cada um toca as suas prioridades - disse o presidente grená.

Questionado se essa mudança de postura se refere ao vídeo de jogadores do Juventude treinando em maio, num campo de uma equipe amadora da cidade, Paulo Cesar Santos respondeu: 

- Realmente, é algo surpreendente, mas com certeza o presidente do Juventude deve ter tomado as suas atitudes em relação àqueles treinamentos. Nós tínhamos um planejamento, era retomada em junho.

Sobre uma possível alteração no relacionamento com o Juventude sobre esses episódios, o presidente do Caxias afirmou que o respeito seguirá igual:

- Não muda nada. Bem tranquilo. Temos um imenso respeito pelo coirmão, respeito o Walter (presidente do Juventude), cada um toma as melhores decisões para o seu clube. O respeito permanece e a disputa será dentro de campo. Juventude e Caxias têm muito trabalho para fazer o bem para a comunidade. 

Leia Também
Caxias realiza entrega de cadeira motorizada para menina de 11 anos

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros