Randon comunica redução, suspensão e demissão voluntária - Colunas do Caixa-Forte - Economia: impostos, financiamentos e mais - Pioneiro
 
 

Caixa-Forte27/04/2020 | 16h41Atualizada em 27/04/2020 | 20h06

Randon comunica redução, suspensão e demissão voluntária

Medidas são para combater crise provocada pela pandemia do Coronavírus

Randon comunica redução, suspensão e demissão voluntária Cleber Mignoni Zeferino/Pioneiro
As empresas Randon retomaram as atividades em Caxias do Sul no último dia 13 com seu quadro parcial de colaboradores. Foto: Cleber Mignoni Zeferino / Pioneiro

As Empresas Randon comunicaram nesta segunda-feira (27) que vão adotar, a partir de maio, a redução e suspensão de jornada conforme convenção coletiva assinada na semana passada com o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos da região. 

Nos próximos dias, foi informado que os líderes entrarão em contato com os trabalhadores para informar como as alternativas serão implementadas.

Também foi lançada uma medida de demissão voluntária que inclui benefícios para quem deseja se desligar por conta, como um salário a mais, plano de saúde por seis meses, vale-rancho, entre outros pontos. Neste primeiro momento, as medidas só valem para as empresas de Caxias do grupo.

A demissão voluntária começa a valer já nesta segunda-feira e quem tiver interesse em aderir ao programa poderá se manifestar até o dia 5 de maio. Após férias coletivas, as empresas Randon retomaram as atividades em Caxias do Sul no último dia 13 com seu quadro parcial de colaboradores.

Segue nota oficial na íntegra enviada pela empresa:

Nos últimos meses, em razão da pandemia de Covid-19, as Empresas Randon vêm adotando diversas medidas para proteger a saúde dos seus colaboradores e familiares, para assegurar a continuidade das operações e para contribuir com o funcionamento da economia local e global. Entre as ações implementadas estão férias coletivas e individuais, flexibilização de jornada, home office, além de iniciativas de prevenção como, por exemplo, medição de temperatura dos funcionários nos acessos à empresa, uso de pulverizadores e outros recursos de higienização e montagem de postos de triagem nas unidades para atendimento e esclarecimento de dúvidas. 

Para dar seguimento a essas ações, a companhia, com base na convenção coletiva firmada por representantes de classe, adotará, a partir do mês de maio, suspensão e redução de jornada de trabalho, proposta do governo federal para incentivo à preservação de empregos. Além disso, buscando oferecer aos seus colaboradores alternativas adequadas ao atual cenário, a empresa está abrindo a possibilidade de desvínculo voluntário, iniciativa que assegura benefícios diferenciados por tempo prolongado e condições mais favoráveis do que o usual. As ações são válidas para as unidades metalúrgicas da empresa em Caxias do Sul. 

Neste momento, a companhia reforça que também está engajada em apoiar a comunidade e, para isso, já realizou doação de EPIs para rede hospitalar e insumos para produção de respiradores e álcool em gel, firmou parceria na fabricação de máscaras de proteção facial e distribuiu 50 mil frascos de álcool em gel para caminhoneiros em estradas do Brasil. Além disso, Randon, Marcopolo e Simecs, em parceria, realizaram doação para a compra de respiradores.   

As Empresas Randon ainda ressaltam que estão atentas às melhores práticas adotadas no mundo com o objetivo de mitigar os impactos da Covid-19 e, principalmente, para seguir com o compromisso de preservar a saúde dos seus colaboradores e de toda a comunidade.

 Saiba também
Produção adaptada para fabricar peças para protetores faciais 


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros