Escritora Natalia Borges Polesso, radicada em Caxias, ganha o Jabuti - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Literatura13/11/2016 | 10h34Atualizada em 13/11/2016 | 14h37

Escritora Natalia Borges Polesso, radicada em Caxias, ganha o Jabuti

Livro "Amora", que aborda o amor entre as mulheres, venceu em Contos

Escritora Natalia Borges Polesso, radicada em Caxias, ganha o Jabuti Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Obra, que é o terceiro livro de Natalia, já havia conquistado o Prêmio Ages e está na disputa do Troféu Açorianos  Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

A coletânea de contos Amora, da escritora Natalia Borges Polesso, radicada em Caxias do Sul, foi a grande vencedora na categoria Contos e Crônicas do 58º Prêmio Jabuti, desbancando nomes consagrados como o do também gaúcho Luis Fernando Verissimo, que ficou em segundo lugar. O resultado do prêmio, o mais tradicional da cena literária brasileira, foi anunciado na noite de sexta-feira.

Leia também:
"Vejo uma cena literária crescente", diz Natalia Borges Polesso
3por4: Natália Borges Polesso leva o Prêmio Ages pelo livro "Amora"


O livro, com contos de temática lésbica, já havia ganhado o Prêmio Ages e concorre também ao Açorianos de Literatura — troféu que Natalia já abocanhou em 2013 com seu livro de estreia, Recortes para Álbum de Fotografia Sem Gente, também de contos.

Natalia afirma que este está sendo "um fim de semana de celebração e também de reflexão":

— O que significa uma autora desconhecida, que passa longe das manchetes dos grandes jornais do país, ganhar um prêmio nacional e respeitado como o Jabuti com um livro protagonizado por mulheres, e não só, mas lésbicas? Nesses tempos sombrios, em que acordamos reféns de medos e incertezas, é uma felicidade imensa e também um alento ver o Amora indo tão longe — avalia.

O troféu será entregue no próximo dia 24, em cerimônia no Auditório Ibirapuera, em São Paulo. Natalia receberá o troféu Jabuti e um prêmio em dinheiro de R$ 3,5 mil. A escritora ainda segue no páreo para a categoria máxima do prêmio, o Livro do Ano de Ficção, que só será anunciado no dia da cerimônia.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFora de casa, Caxias Basquete bate o Guarani-VA e larga em vantagem na final do Estadual adulto https://t.co/9kJxRcYJWo #pioneirohá 3 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comConheça novos sons das bandas Não Alimente os Animais e Grandfúria, de Caxias https://t.co/sTFNG0YRvH #pioneirohá 33 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros