Olhares da cidade: "Vamos nos cuidar e esperar pelo melhor", diz professora aposentada de Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Eleições 202002/10/2020 | 05h30Atualizada em 06/10/2020 | 18h51

Olhares da cidade: "Vamos nos cuidar e esperar pelo melhor", diz professora aposentada de Caxias do Sul

Seção apresenta depoimentos de pessoas de diversos perfis, que compõem a representatividade da população de Caxias do Sul

Olhares da cidade: "Vamos nos cuidar e esperar pelo melhor", diz professora aposentada de Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Pprimeiro depoimento é de Sirlei Cardoso Masiero, 73 anos. Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Dentro do projeto editorial de atenção às eleições municipais deste ano, o Pioneiro estreia a seção Olhares da cidade. Este espaço é dedicado a depoimentos de pessoas de diversos perfis, que compõem a representatividade da população de Caxias do Sul, para contemplar visões específicas que cada um tem sobre a cidade, compondo um cenário plural, a partir de óticas complementares.

Leia mais:
O que os candidatos a prefeito de Caxias do Sul pensam sobre o transporte coletivo
Homens brancos são maioria entre os candidatos em Caxias do Sul, Bento e Farroupilha

Confira a seguir o primeiro depoimento, de Sirlei Cardoso Masiero, 73 anos:

"Nasci em Flores da Cunha, me criei em Farroupilha e adotei Caxias como minha cidade querida, onde tive meus dois filhos e neto. Me mudei para cá em 1980. Sou professora de língua portuguesa e pedagoga aposentada. Gosto da minha cidade porque ela é limpa. Quem diz que cidades estrangeiras são mais limpas é porque não teve olhos para as ruas e calçadas daqui. Porque ela é arborizada e florida, cheia de manacás-da-serra, magnólias, ipês coloridos, cerejeiras, de amores-perfeitos na Júlio, de plátanos que no outono mudam de cor e cobrem os caminhos de folhas. 

Porque daqui surgiram no passado grandes políticos que engrandeceram Caxias. Porque a educação básica municipal é de qualidade e valorizada. Porque as pessoas continuam seus estudos, basta ver tantas faculdades, centros universitários e universidade. Como não se orgulhar de Caxias, que é polo metalmecânico conhecido no mundo por seus produtos? Porque é uma cidade que emprega, por isso acolhe quem vem trabalhar. As pessoas são amáveis, acolhedoras, mesmo sendo uma cidade grande. 

Caxias preserva tanto as tradições italianas e as gaúchas, isso engrandece a cidade. A saúde do caxiense também merece destaque, basta ver hospitais públicos e privados que são referência para a região pelo atendimento e competência. Gosto de Caxias porque o povo daqui torce pelos seus dois times de futebol. Nas feiras do livro, são valorizados os seus autores e poetas locais, e a arte se prolifera. 

O que eu acho que tem que melhorar é a educação dos motoristas. Ali é que tu vês que ignoram os sinais, têm pressa e se atravessam na frente das pessoas. Não conheço muitos bairros, mas vejo que vários têm a estrutura de uma cidade. Acho que aqueles mais distantes do Centro também merecem esse cuidado.

Eu gosto de ver minha cidade com olhos positivos, não sou derrotista. Como cidadãos temos que pedir aos políticos que continuem cuidando da imagem dessa cidade. Chega de coisas absurdas, de colocar o dedo na ferida. Vamos nos cuidar e esperar pelo melhor. Eu não admito que quem more em Caxias só tenha coisas ruins para falar daqui. Tem tanta coisa boa!"

Leia também:
À margem da assistência municipal, pedintes vivem de esmolas em Caxias do Sul
Estudantes criam projeto para incentivar a doação de sangue em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros