Caxias do Sul deve contar com cerca de 4 mil mesários para o pleito de novembro - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Eleições12/10/2020 | 14h46Atualizada em 12/10/2020 | 14h46

Caxias do Sul deve contar com cerca de 4 mil mesários para o pleito de novembro

Voluntários ainda podem se cadastrar no portal do Tribunal Eleitoral ou pelo app e-Título

Caxias do Sul deve contar com cerca de 4 mil mesários para o pleito de novembro Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A quase um mês do primeiro turno das eleições municipais, o Cartório Eleitoral em Caxias do Sul chega a 3.944 convocações daqueles que serão fundamentais no exercício cidadão em 15 de novembro - se houver segundo turno, os trabalhos se estenderão ao dia 29 do mesmo mês. Até esta segunda-feira (12), 3.504 mesários estavam na lista de convocação e 440 colocados como apoio. O interessado em se cadastrar podem acessar este link ou baixar o aplicativo e-Título. Os chamados da Justiça Eleitoral  podem ser feitos até de última hora, no próprio dia do pleito. 

Leia Mais
"Dependemos muito da população para a segurança sanitária", diz chefe da 169ª Zona Eleitoral de Caxias sobre o dia da eleição

No ano passado, 91% dos mesários que atuaram em Caxias eram voluntários. Segundo o  Chefe de cartório da 169ª Zona Eleitoral de Caxias do Sul, Edson Borowiski, de 80% a 90% dos que serão convocados neste ano são voluntários, conforme estimativa inicial. A ideia é concluir os chamados até o final deste mês.  

— O cadastro de voluntário é o indicativo prioritário para que possamos convocar. Não havendo o suficiente, o juiz determina uma intimação no local que apresentar falta. Por isso, incentivamos sempre ter um cadastro reserva, mesmo que o local já tenha número suficiente — diz Borowski.

Por conta da pandemia, mesários receberão equipamentos de proteção para executar os trabalhos com segurança neste ano.

— Temos preocupação com o plano sanitário. Esperamos estar preparados para enfrentar esse desafio que é fazer eleição na pandemia.  A população terá que contribuir, ir sozinha e sem criança nesse momento. Os mesários receberão kits de proteção e a higienização da urna será constante para minimizar os riscos de contaminação — ressalta.

Por conta da diminuição de urnas eletrônicas em todo o Brasil, algumas seções que normalmente teriam a votação estarão desativadas neste ano. Caxias terá 220 seções a menos. Sendo assim, é importante o eleitor conferir onde deverá votar.

Leia Também
Prefeitura de Caxias e RGE fecham parceria para continuidade de obras no interior


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros