10 temas para Pepe Vargas, candidato a prefeito de Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Eleições 202023/10/2020 | 08h00Atualizada em 23/10/2020 | 17h25

10 temas para Pepe Vargas, candidato a prefeito de Caxias do Sul

O candidato a vice-prefeito é Cláudio Libardi Júnior, indicado pelo PCdoB, que participa da aliança. O PSOL apoia a chapa 

10 temas para Pepe Vargas, candidato a prefeito de Caxias do Sul Janete Krieger/Divulgação
Pepe Vargas é candidato pelo PT Foto: Janete Krieger / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

O candidato do PT à prefeitura de Caxias do Sul, Pepe Vargas, é o oitavo a participar do primeiro ciclo de entrevistas com os postulantes ao cargo publicadas pelo Pioneiro. Nas edições de segundas, quartas e sextas-feiras, todos os 11 candidatos estão expressando suas ideias e propostas sobre os 10 temas abaixo. As respostas de todos foram recolhidas simultaneamente pelo Pioneiro e vêm sendo publicadas em ordem alfabética. O próximo candidato a responder será Renato Nunes (PL), na edição de segunda-feira.

Pepe Vargas é medico e também um protagonista frequente nas disputas para prefeito de Caxias do Sul. É a sexta vez que concorre ao cargo, tendo sido eleito em 1996 e reeleito em 2000. A trajetória eleitoral do petista é longa. Foi eleito vereador em 1990. A primeira vez que concorreu a prefeito foi em 1992. Também disputou as eleições de 2008 e 2016. 

Por pouco não disputou também a de 2012, quando era o candidato preferencial do PT, mas teve de abandonar a disputa ao ser nomeado ministro do Desenvolvimento Agrário no primeiro governo da presidente Dilma Rousseff. Se tivesse permanecido na corrida eleitoral daquele ano, hoje seriam quatro indicações consecutivas pelo seu partido para concorrer à prefeitura.

Leia mais:
Candidato a prefeito de Caxias promete apoio à Festa da Uva

No segundo governo da petista, Pepe ocupou as secretarias de Relações Institucionais e dos Direitos Humanos. Foi eleito deputado federal por três vezes consecutivas, em 2006, 2010 e 2014. Também se elegeu deputado estadual em 1994 e na última eleição, em 2018. Atualmente, ocupa uma cadeira na Assembleia Legislativa. O candidato a vice-prefeito é Cláudio Libardi Júnior, indicado pelo PCdoB, que participa da aliança. O PSOL apoia a chapa 

1 CASO MAGNABOSCO

"Encerrada a questão judicial, é preciso buscar uma negociação com os credores, que seja razoável às duas partes. O município não precisa necessariamente pagar tudo em espécie. Pode oferecer outros imóveis e índices construtivos para amortizar a dívida. Além disso, é preciso regularizar o bairro 1º de Maio, em um processo que respeite os moradores, definindo junto com eles todos os passos necessários à regularização."

 2 CONCESSÃO DO TRANSPORTE COLETIVO

"A licitação deveria ser precedida de pesquisa de origem e destino, ouvindo os usuários; da atualização do local das estações de integração, projeto de 20 anos atrás; e do Plano Municipal de Mobilidade, até hoje inexistente. Nada disso foi feito, então o ideal teria sido um contrato emergencial temporário, para permitir pelo menos o estudo de origem e destino, modelando a licitação a partir da pesquisa. Se licitarem agora, espero que o edital preveja atualizações futuras."

3 GESTÃO DAS UPAS

"A Gestão das UPAs será pública, integrando-as com as unidades básicas de saúde (UBSs) e centros de atenção psicossocial (CAPs). O centro do SUS será o atendimento nas UBSs e CAPs, que serão reforçados e ampliados. As consultas nas UBSs e de especialidades serão marcadas por internet e telefone. Buscaremos pacto com a região e o Estado por recursos para reduzir fila de espera da alta complexidade. Estas ações desafogarão as UPAs."

 4 DIÁLOGO COM A COMUNIDADE

"Criaremos o Conselho da Cidade, órgão de aconselhamento ao prefeito, com representantes de entidades representativas dos diversos segmentos econômicos e sociais. Fortaleceremos o papel e a estrutura dos conselhos municipais que discutem políticas públicas. Realizaremos o Congresso da Cidade para atualizar o Plano Plurianual. O Orçamento Participativo será retomado sob novas bases, como planejamento democrático e participativo. As tecnologias digitais serão utilizadas para ampliar a participação social, para dar maior transparência e informações."

5 CARGOS EM COMISSÃO

"A Prefeitura passará por um processo de modernização. Investiremos nos serviços por meios digitais e na integração das secretarias e órgãos públicos, otimizando recursos materiais e humanos, com a valorização dos servidores de carreira. Esta revisão de processos administrativos exigirá a readequação progressiva das funções gratificadas e dos cargos comissionados. As administrações que sucederam nosso governo criaram CCs em excesso, que podem ser substituídos por servidores de carreira."

6 DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

"Trabalharemos para a indução do desenvolvimento local e para a diversificação produtiva, apoiando os negócios locais, atendendo de forma diferenciada ao pequeno produtor, comerciante ou prestador de serviço iniciante, com o Programa Custo Zero (um ano sem tributos e sem taxas municipais). É fundamental a inclusão produtiva dos setores mais necessitados de emprego formal e renda para seu sustento, que também receberão formação profissional. Criaremos o APL (arranjo produtivo local) da economia solidária e apoiaremos a cadeia produtiva da reciclagem. Queremos atrair investimento inovador, através da Casa do Empreendedor, criar distritos empresariais descentralizados, e faremos a promoção comercial e da exportação dos nossos produtos. Criaremos o Programa Cidade Inteligente, em parceria com o setor privado e as universidades, para inovação tecnológica e  startups. Faremos compras públicas da indústria, da agricultura familiar e das agroindústrias de Caxias. Nosso mercado local é grande e de bom poder aquisitivo, mas é necessário garantir o escoamento da produção não absorvida internamente, e por isso atuaremos na pressão pela continuidade da BR-448 (Rodovia da Serra), pelo porto do litoral, pelo aeroporto regional e pelas estradas que escoam nossos produtos e por onde chegam nossas matérias-primas."

 7 VALORIZAÇÃO DA CULTURA

"Faremos a institucionalização do Sistema Municipal de Cultura e do Plano Municipal de Cultura, com a participação dos produtores culturais, artistas e pessoas interessadas no desenvolvimento da arte e da cultura. Fortaleceremos o Financiarte e a Lei de Incentivo e as políticas de incentivo aos produtores da cadeia produtiva da cultura, para ampliar a renda de artistas e produtores. Iremos descentralizar as atividade culturais para democratizar o seu acesso. Criaremos a Escola Pública de Música e daremos maior apoio à Cia de Dança, à Orquestra de Sopros. Criaremos as Residências Criativas. A Feira do livro será ampliada. O Carnaval e os blocos contarão com o apoio da nossa administração. Daremos total prioridade à ocupação da Maesa como equipamento público cultural e administrativo, respeitando a decisão e o legado do governador Tarso Genro ao doar a área para Caxias."

8 VAGAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

"Trabalharemos pela garantia de vagas para a educação infantil. Para isso atuaremos na construção de escolas, na consolidação de parcerias com a sociedade civil, na adequação de espaços escolares atualmente existentes. Na ocupação das vagas, vamos priorizar as famílias de baixa renda. Queremos ampliar a educação em tempo integral e implantar a pré-inscrição para a pré-escola e 1º ano do fundamental, para planejar e evitar a falta de vagas."

 9 COMÉRCIO AMBULANTE

"Implantaremos o programa Centro Vivo, com ações em conjunto com o setor do comércio e serviços. O Centro Vivo pretende ocupar o Centro com uma circulação ativa, pujante e livre, para fazer do Centro um lugar também de convívio cotidiano, resultando em transações comerciais, prestação ampliada de serviços e segurança para todos que ocupam o centro da cidade. Aos ambulantes, devemos ofertar trabalho formalizado, criar centro de referência e capacitá-los para entrar na disputa por vagas com carteira assinada e direitos previdenciários e do trabalho."

 10 DIRETRIZES PARA A MOBILIDADE

"Faremos de Caxias uma cidade grande com descentralização e nucleação urbana _ e essa polinucleação garantirá mobilidade mais fluida e conforto cotidiano aos seus moradores. Proporemos o Plano Diretor de Mobilidade Urbana, no contexto do Plano Diretor Urbano. Queremos implantar o transporte multimodal, a moderação do tráfego e o Plano Municipal Cicloviário. Nossas ações objetivam o conceito de ruas completas, onde pedestres, bicicletas e veículos automotores convivam da melhor maneira possível, garantindo o bem-estar das pessoas. Pressionaremos o governo federal e estadual por duplicações de estradas, pela nova perimetral e pela mobilidade regional. Instalaremos o Centro de Controle Operacional (com câmeras e painéis eletrônicos) para orientar o tráfego e organizar o sistema de semáforos."

 Leia também
10 temas para Adiló Didomenico
10 temas para  Antonio Feldmann
10 temas para Carlos Búrigo
10 temas para Júlio Freitas
10 temas para Marcelo Slaviero
10 temas para Nelson D'Arrigo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros