10 temas para  Antonio Feldmann, candidato a prefeito de Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Eleições 202009/10/2020 | 07h00Atualizada em 09/10/2020 | 07h00

10 temas para  Antonio Feldmann, candidato a prefeito de Caxias do Sul

Candidato do Podemos a prefeito de Caxias, Antonio Feldmann, é o segundo a participar do primeiro ciclo de entrevistas

10 temas para  Antonio Feldmann, candidato a prefeito de Caxias do Sul Antonio Valiente/Agencia RBS
Ex-vice-prefeito de Caxias do Sul, Antonio Feldmann disputa o Executivo pelo Podemos Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O candidato do Podemos a prefeito de Caxias, Antonio Feldmann, é o segundo a participar do primeiro ciclo de entrevistas com os postulantes ao cargo publicadas pelo Pioneiro. Nas edições de segundas, quartas e sextas-feiras, todos os 11 candidatos irão expressar suas ideias e propostas sobre os 10 temas abaixo. As respostas e manifestações de todos os candidatos já foram recolhidas pelo Pioneiro e serão publicadas em ordem alfabética. O próximo candidato a responder aos 10 temas será Carlos Búrigo (MDB), na edição de segunda-feira (12/10).

O ex-vice-prefeito de Caxias do Sul no governo de Alceu Barbosa Velho (PDT), quando foi indicado pelo MDB, Antonio Feldmann (Podemos) foi confirmado candidato a prefeito de Caxias do Sul em 12 de setembro. Terá como companheiro de chama seu colega de partido Odir Ferronatto. Trata-se de uma das sete chapas puras que concorrem na eleição majoritária em Caxias _ seis delas sem coligação.

Feldmann foi coordenador de comunicação no primeiro governo do ex-prefeito José Ivo Sartori. Em maio de 2006, o então prefeito nomeou Feldmann secretário da Cultura, e ele passou a acumular as duas funções. Ficou como secretário durante o segundo governo de Sartori até 2012, quando saiu para disputar a eleição daquele ano, candidato a vice-prefeito (2013-2016). Em 2017, deixou o MDB disposto a concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados e entrou no PSD. Fez 5.633 votos e não foi eleito. Em fevereiro de 2019 saiu do PSD e, em setembro do mesmo ano, filiou-se ao Podemos. 

Leia mais:
10 temas para Adiló Didomenico, candidato a prefeito de Caxias do Sul

1 CASO MAGNABOSCO

"Decisão da Justiça pode ser questionada, mas ao final precisa ser cumprida. Sei que a prefeitura ainda está tentando interposição de recursos via judicial. Após concluído todo processo, como prefeito, vamos reunir nossa equipe, Procuradoria Jurídica, e avaliar como cumprir a ordem judicial sem comprometer os serviços públicos e a estabilidade das contas públicas."

2 CONCESSÃO DO TRANSPORTE COLETIVO

"É outro tema que tem ações em andamento e decisões da atual administração. Não podemos ser irresponsáveis diante de uma questão tão sensível e estratégica para uma cidade como o transporte coletivo, a ponto de querer ideologizar a questão ou mesmo promover espetáculos midiáticos. Nosso compromisso é a defesa de um transporte coletivo de qualidade, menos oneroso e mais barato, com estudo de implantação de outros modais, em parceria público-privadas, como VLT, ônibus elétricos, movidos a combustíveis menos poluentes. Também precisamos trabalhar para fazer de Caxias do Sul uma cidade mais amigável à bicicleta e equacionar uma legislação aos aplicativos, para que haja uma relação de respeito, equilíbrio e justiça entre os atores do transporte urbano."

 Leia mais:
O que os candidatos a prefeito de Caxias do Sul pensam sobre o transporte coletivo 

3 GESTÃO DAS UPAS

"Nosso programa de governo defende a implantação de um Plano Municipal de Humanização em Saúde, alinhado ao que estabelece programa similar do Ministério da Saúde. Vamos avaliar os resultados do atual modelo de gestão das UPAs e intervir onde temos problemas. E construir soluções a partir de um diálogo maior com o Conselho Municipal de Saúde, os conselhos locais, os gestores, trabalhadores e usuários de saúde. Pensamos para gestão das UPAs e de todo sistema público municipal de saúde a criação de um método de tríplice inclusão: inclusão dos diferentes sujeitos (gestores, trabalhadores e usuários) no sentido da produção de autonomia, protagonismo e corresponsabilidade. E dar início a estudos de implantação de novas UPAs, a começar pela Zona Sul (Esplanada), e regiões do Rizzo e Serrano."

4 DIÁLOGO COM A COMUNIDADE

"Implantação do Orçamento Cooperativo e Solidário, uma ferramenta de gestão que prioriza a inclusão da sociedade, tanto individual quanto representativa, num processo de co-criação e formação de grupos de trabalho em mutirão para solução de problemas do cotidiano, principalmente dos bairros. É também uma espécie de um Plano Emergencial Pós-Pandemia, que tenha um diagnóstico sobre os setores que mais foram afetados pela pandemia e buscar soluções conjuntas, em parceria, com cooperação e ações solidárias. Não é mais apenas um instrumento para ouvir a população, mas um modelo que chama as pessoas e as entidades para fazer juntos a cidade e as mudanças que queremos."

5 CARGOS EM COMISSÃO

"Defendi quando fui candidato a vice-prefeito na última eleição processo de seleção por competências, inclusive com aplicação de prova para medir conhecimento do indicado pelos partidos sobre a área onde vai atuar e suas capacidades para o cargo. Também defendemos uma ferramenta de avaliação do trabalho dos CCs por comissão independente, como o servidor concursado é submetido nos dois primeiros anos em que se encontra em estágio probatório. E uma reavaliação total sobre distribuição dos CCs dentro da máquina pública, bem como valorização maior de quadros efetivos da administração."

6 DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

"A geração de emprego tem que ser uma obsessão do próximo prefeito, para estancar processo de fechamento e saída de empresas de nossa cidade. Avançar na modernização dos processos internos do poder público, para facilitar a abertura de empresas e inserção na formalidade. Trabalhar o turismo de forma profissional, para que se constitua em uma nova matriz de geração de emprego e renda. Fomentar a inovação e a tecnologia também como setor que tem grande potencial para criação de empregos, em parceria com a TecnoUCS, Trinopolo e demais faculdades. Por fim, incentivar criação de agroindústrias e um plano de desenvolvimento rural avançado. Valorizar MobiCaxias e promover parceria permanente, buscando desenvolver ações para atendimento das metas e ações propostas."

 Leia mais:
O que os candidatos a prefeito de Caxias do Sul propõem para geração de emprego 

7 VALORIZAÇÃO DA CULTURA

"Queremos Caxias do Sul voltando a ser Capital Brasileira da Cultura, com valorização dos talentos locais, mas acima de tudo uma gestão que promova e estimule a diversidade, a pluralidade e o reconhecimento das mais diversas formas de produção artística e cultural. Valorização da Orquestra Municipal, Coral e Companhia de Dança. Desenvolver ações de defesa do patrimônio histórico, ocupação da Maesa para fins culturais e valorização da cultura popular e das expressões artísticas da periferia e dos bairros, historicamente esquecidos."

8 VAGAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

"Ampliando as parcerias com instituições e escolas de educação infantil privadas, com compra de vagas. Fazer uma reavaliação das escolas infantis do município e seus espaços, para projetar ampliações onde houver condições técnicas. Buscar junto ao governo federal mais recursos, com elaboração de projetos."

9 COMÉRCIO AMBULANTE

"Temos que começar a projetar um novo espaço para os ambulantes, um Centro de Compras Popular, ao estilo que existe em médias e grandes cidades brasileiras. E dar atenção especial aos artesãos, construir junto com eles uma política pública municipal com ações que promovam seu trabalho e seja cada vez mais uma fonte atrativa de geração de renda, de emprego. Artesanato caxiense tenha espaço de destaque dentro da Maesa e em outros espaços públicos do município."

10 DIRETRIZES PARA A MOBILIDADE

"Já exposto no item 2, porque não se pode fazer um debate separado entre o transporte coletivo e a mobilidade urbana. Precisamos elaborar o Plano de Mobilidade Urbana, que estabeleça estratégias e diretrizes para uma mobilidade urbana mais moderna, inteligente, sustentável, com foco na pessoa e na melhoria da qualidade de vida. Nesse sentido, temos que preparar a cidade para veículos elétricos e dar início ao projeto e estudo de viabilidade de um VLT entre Forqueta e Universidade de Caxias do Sul (UCS)."

Leia também:
Propaganda gratuita em rádio e televisão das eleições inicia nesta sexta

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros