Lei que congela salários do prefeito, vice e vereadores é sancionada em Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Oficial07/05/2020 | 10h03Atualizada em 07/05/2020 | 10h03

Lei que congela salários do prefeito, vice e vereadores é sancionada em Caxias do Sul

Proposta aprovada na Câmara precisava de sanção do chefe do Executivo para entrar em vigor

Lei que congela salários do prefeito, vice e vereadores é sancionada em Caxias do Sul Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os subsídios do prefeito, vice, secretários municipais e vereadores nos próximos quatro anos serão os mesmos da atual legislatura em Caxias do Sul. Isso porque o prefeito Flavio Cassina (PTB) sancionou a lei aprovada na Câmara em 23 de abril. A sanção está publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (7).

Assim, o prefeito seguirá recebendo R$ R$ 21.529,01 mensais, o vice-prefeito continuará recebendo R$ 15.078,52 e os secretários, além de diretores de autarquias, terão mantidos os R$ 13.466,88 na folha de pagamento. O salário dos parlamentares seguirá em R$ 10.607,83. O vereador que não participar da Ordem do Dia, na sessão plenária, perderá o equivalente a 1/30 avos do valor mensal, exceto se ele apresentar justificativa.

A aprovação das propostas de congelamento é válida para a próxima legislatura (2021-2024). A fixação dos subsídios, sem reajustes, foi proposta pela Mesa Diretora da Câmara.

Leia também
Gramado autoriza retomada das atividades de hotéis, parques e museus
Quinta-feira é um dos dias mais frios do ano até agora na Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros