Lideranças políticas lamentam a morte de ex-vice-prefeita de Caxias - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Luto18/04/2020 | 12h05Atualizada em 18/04/2020 | 14h43

Lideranças políticas lamentam a morte de ex-vice-prefeita de Caxias

Justina Onzi também foi secretária da saúde do governo Pepe Vargas e concorreu novamente como vice do PT em 2012

Lideranças políticas lamentam a morte de ex-vice-prefeita de Caxias Roni Rigon /
Justina Onzi também foi secretária da saúde do governo Pepe Vargas e concorreu novamente como vice do PT em 2012 Foto: Roni Rigon

Gentil, doce, educada, humana e preocupada com as causas sociais e o bem estar da sociedade. Essa são apenas algumas das características lembradas por amigos e companheiros de vida e de luta para descrever a ex-vice-prefeita de Caxias do Sul, Justina Inez Onzi. Justina comandou a Secretaria de Saúde no governo de Pepe Vargas e concorreu novamente como vice-prefeita pelo Partidos dos Trabalhadores em 2012 ao lado do ex-deputado estadual Marcos Daneluz

Leia mais
Morre Justina Onzi, ex-vice-prefeita de Caxias do Sul
Conheça Justina Onzi, candidata a vice-prefeita de Caxias do Sul pelo PT
Justina Onzi será a vice de Marcos Daneluz na disputa pela prefeitura de Caxias do Sul

A morte de uma das lideranças do PT na manhã deste sábado (18) repercutiu no meio político de Caxias do Sul. Confira alguns depoimentos:

"Ela era fundadora do PT em Caxias do Sul. Foi nossa secretaria da Saúde, não tínhamos nem a gestão plena, não havia quadros e nem como requerer a gestão plena e ela colocou o SUS em pé na cidade quando assumiu. O esqueleto foi implantado pela equipe dela no nosso primeiro governo. No segundo mandato do meu governo, ela coordenava e integrava todas as secretarias. Uma perda forte. Uma companheira de 40 anos. Uma perda pessoal, nossa, e uma perda política e para a sociedade porque não é sempre que surge uma liderança expressiva com ela. Um dos corações mais generosos que já conheci, e desprovida de toda e qualquer vaidade, sempre pensando no coletivo. Nossa companheira de vida descansou."
Pepe Vargas, ex-prefeito de Caxias do Sul e deputado estadual 

"Estou muito triste. Foram muitos momentos juntos na administração municipal. Minha companheira de chapa majoritária em 2012. Companheira querida, leal, competente e sempre comprometida na luta por sociedade mais justa e ao lado dos menos favorecidas. Deixa um legado para todos nós, deixa um exemplo de vida para aqueles que lutam por igualdade e justiça. Obrigado Justina pelos momentos de luta que tivemos juntos. Deus estará te recebendo de braços abertos. Obrigado, Justina, pelos momentos que vivemos juntos. Deus está te recebendo de braços abertos!".
Marcos Daneluz, ex-deputado estadual e ex-candidato ao lado de Justina nas eleições de 2012

"O Partido dos Trabalhadores perde uma de suas estrelas. Justina parte nos deixando um legado de companheirismo e de esperança. Ela sempre foi uma pessoa , militante que nunca desanimou. Mesmo diante da doença, sempre buscou alternativas, maneiras de viver. Sempre lutou pelas causas diversas, na saúde de Caxias,  ela organizou humanamente entre servidores e população. Ela era uma doçura em todas as palavras muito ponderada, firme e doces. Ela foi professora no Melvin Jones e todos alunos dela sempre tiveram muito apreço. Na militância , dentro do PT, sempre firme nas suas posições, mas com uma humanidade e solidariedade extraordinária. Ela incansavelmente lutou por um novo mundo possível. Sempre nos ajudou a acreditar e a lutar por isso. Infelizmente a sua voz se cala, mas as suas ideias, jamais. Justina Presente!"
Joceli Veadrigo, presidente do PT de Caxias do Sul

“Lamento profundamente. Meus pêsames e minha solidariedade aos familiares e amigos”. José Ivo Sartori, ex-prefeito de Caxias do Sul e ex-governador do RS

"A Justina será sempre um exemplo de vida, de luta e de força para todos nós. Sua vida foi dedicada inteiramente à construção de uma sociedade com justiça social. Ela foi a responsável pela implantação da gestão plena do SUS em Caxias que muito beneficiou a nossa população. Só temos a agradecer por tudo que fez por todos nós. Vai em paz, guerreira!".
Ana Corso, ex-vereadora

"Hoje nossa querida companheira de lutas Justina Onzi retorna à casa do Pai com sua missão cumprida com muita honra, presença e coração. Certamente uma mulher inspiradora, única, motivadora e com uma dedicação à vida das pessoas. Como vice-prefeita mostrou como as mulheres fazem a diferença na gestão pública, como secretária de saúde, contribuiu para a estruturação da nossa saúde pública em Caxias do Sul, como militante, teve coragem para aceitar todos os desafios e os fazê-los com brilho nos olhos e como ser humano, uma mulher solidária e sensível as causas sociais. Obrigada por sua existência! Justina, Presente!".
Denise Pessôa, vereadora do PT

"Justina deixa um legado, principalmente, na área de saúde. A atuação dela é reconhecida e lembrada pelos servidores e pela sociedade. Com certeza deixa um bom legado para a cidade".
Flávio Cassina (PTB), prefeito de Caxias do Sul

"É uma perda insubstituível. Militante social aguerrida e comprometida com a luta por um mundo melhor. Como secretária da saúde, no governo da Frente Popular, foi a grande responsável pela implementação do SUS em nossa cidade. Tinha muito respeito e admiração por sua pessoa e seu trabalho".
Edio Elói Frizzo (PSB), vice-prefeito de Caxias do Sul

"A Justina marcou pelo sentimento de justiça e da alegria de viver. Nesse momento o silêncio do meu coração e a dor que sinto levam a minha memória a escutar sua voz dizendo: "a vida foi muito generosa comigo. Venci duas vezes o câncer, agora no terceiro não sei, mas vou lutar. A vida vale a pena. Eu amo a vida e amo vocês minhas amigas de tantos anos". Ela disse num encontro de amigas da década de 1970, perto do Natal de 2019. Esse amor estava marcado também pelo sentimento de indignação a tudo o que era injustiça, desde criança. Chegou ser expulsa da escola onde foi menina interna porque não se calava e desafiava qualquer "poder" para defender as pessoas e a natureza quando injustiçadas. Criamos o Centro de Educação e Direitos Humanos, lutamos pela preservação do Arroio do Ouro, pela instalação da delegacia da mulher, a criação do Sindicato da Assistência Social... Juntas visitamos sete países europeus buscando recursos para os projetos de direitos humanos no Brasil. Mas, a eleição de 1996 a fez também grande líder na área da saúde pública, tornando-se a Secretária de Saúde que conseguiu implantar o SUS pleno. Seu trabalho e sua dedicação em articular as políticas públicas, ao direito coletivo, a justiça para todos marcou a todas e a todos nós. Obrigada Justina pelo que és. Teu corpo vai, mas tua história te faz sempre presente em nossas vidas".
Marisa Formollo, ex-deputada e ex-vice-prefeita de Caxias

"Fui líder do governo no primeiro mandato do prefeito Pepe Vargas e como vereador a conheci na administração.  Depois reelegi como vereador e ela elegeu-se vice-prefeita. Embora nesta época fosse oposição, sempre tive na Justina uma conciliadora. Mulher inteligente e que fez muito por Caxias. Foi uma grande secretária da Saúde e me passou o cargo de vice-prefeito. Aprendi muito com ela. Pessoa do bem. Dr. Deunir Portolan foi sempre seu grande parceiro e meu amigo, nossa solidariedade. Nestes tempos bicudos na saúde, foi a grande incentivadora e defensora do SUS. O SUS de Caxias deve muito a dinâmica Justina".
Alceu Barbosa Velho, ex-prefeito de Caxias do Sul

"A Justina deixa um legado extraordinário de dedicação e sensibilidade social. Foi de capital importância na municipalização da saúde em Caxias do Sul e no desenvolvimento de ações fundamentais para a consolidação do SUS".
Francisco Ferrer, superintendente-geral do Hospital Pompéia

Leia também
Confira a dica do babalorixá Saul de Medeiros para ficar bem durante o distanciamento social
Hospital de Bento Gonçalves participa de pesquisa sobre hidroxicloroquina no tratamento da covid-19
Cerca de 50% dos atendimentos do CVV nas últimas semanas são sobre coronavírus


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros