Senado aprova Gramado como Capital Nacional do Chocolate - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Região das Hortênsias12/02/2020 | 13h27Atualizada em 12/02/2020 | 14h09

Senado aprova Gramado como Capital Nacional do Chocolate

Projeto de Lei segue para sanção presidencial

Senado aprova Gramado como Capital Nacional do Chocolate Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Gramado está a um passo de se tonar a Capital Nacional do Chocolate Artesanal. O Projeto de Lei (PL) foi aprovado pelo plenário do Senado Federal na noite de terça-feira (10). Agora, a proposta segue para sanção presidencial.

O PL foi proposto pelo deputado federal Jerônimo Goergen (PP/RS) em agosto. Segundo o texto, a justificativa para a lei é o turismo que a cidade proporciona à Região das Hortênsias, da qual Gramado faz parte.

Com 19 fábricas de chocolate, a cidade recebe mais de seis milhões de visitantes por ano, que correspondem a 90% das receitas geradas em Gramado. A primeira loja a surgir no município foi a Jaime Prawer, em 1976.



Selo de qualidade


Em 2018, Gramado encaminhou para o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) um pedido de indicação de procedência do chocolate na cidade. O intuito é criar um selo do produto para manter a qualidade dos doces, e que deverá ser aplicado naqueles que se enquadrarem nas características específicas de fabricação. Um dos itens citados é que o chocolate tenha no mínimo 35% de cacau. A estimativa era que o processo de aprovação do selo durasse em torno de oito meses; no entanto, ainda não há previsão de quando será aprovado.

Leia também
Comitiva da UCS convida Bolsonaro para inauguração da fábrica de grafeno em Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros