Licitação para concessão do transporte coletivo de Caxias é suspensa - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Revisão06/01/2020 | 19h14

Licitação para concessão do transporte coletivo de Caxias é suspensa

Governo interino anunciou que edital vai passar por análise jurídica

Licitação para concessão do transporte coletivo de Caxias é suspensa Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

A prefeitura de Caxias informou na tarde desta segunda-feira (6) que a licitação para concessão do transporte coletivo urbano está suspensa. O edital havia sido publicado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade no dia 12 de dezembro de 2019 e previa a apresentação de propostas de empresas interessas em assumir o serviço no dia 14 deste mês.

Leia mais
Confira qual é o novo modelo de transporte coletivo proposto pela prefeitura de Caxias 

No entanto, conforme o governo interino, quatro empresas contestaram a licitação do transporte coletivo urbano. Três delas solicitaram informações e uma pede a impugnação do edital 237/2019. Assim, a administração decidiu suspender o processo para "análise jurídica".

Em entrevista publicada na edição desta segunda-feira (6) no jornal Pioneiro, o candidato a prefeito na eleição indireta que ocorre na próxima quinta-feira (9), Flavio Cassina (PTB), já havia confirmado a intenção em reavaliar a licitação apresentada durante a gestão do governo cassado de Daniel Guerra (Republicanos). Uma das propostas polêmicas do edital era a divisão da cidade em duas bacias, possibilitando, assim, que duas empresas assumissem o serviço.

O novo edital para concessão do transporte coletivo urbano de Caxias do Sul prevê a prestação do serviço para os próximos 10 anos (a contar de maio de 2020).  A atual concessão do transporte coletivo se encerra em maio de 2020.

Leia também
Eleição indireta para prefeitura de Caxias será realizada na Casa da Cultura Secretário do governo interino de Caxias e presidente do PTB tem ação contra a Codeca
Prefeito cassado de Caxias entra na Justiça para solicitar anulação do processo de impeachment e recondução ao cargo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros