"Saímos da caverna para a luz do sol", afirma ministro de Relações Exteriores brasileiro, em Bento - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Cúpula do Mercosul04/12/2019 | 17h47Atualizada em 04/12/2019 | 17h48

"Saímos da caverna para a luz do sol", afirma ministro de Relações Exteriores brasileiro, em Bento

Ministros dos quatro países pertencentes ao bloco anunciaram encaminhamento de seis acordos 

"Saímos da caverna para a luz do sol", afirma ministro de Relações Exteriores brasileiro, em Bento Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

A reunião entre ministros que marcou o início da agenda política da Cúpula do Mercosul em Bento Gonçalves ocorreu na tarde desta quarta-feira (4). Antecedida por encontros técnicos de negociação na segunda e terça-feira, coube aos ministros de relações exteriores de Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai anunciarem os acordos negociados e fazer avaliação do ano de atividades do bloco econômico.
O tom dos discursos de chanceleres foi de exaltação à união e resultados do bloco, quase como resposta à instabilidade política gerada após as eleições no Uruguai e na Argentina, especialmente na Argentina, cuja presidência eleita não possui sintonia ideológica com o governo brasileiro, que já ameaçou inclusive deixar o Mercosul em caso a relação e os interesses entre os países não sejam harmônicos.

Leia mais:
"Temos praticamente todos os acordos fechados" , diz coordenador nacional do Mercosul
Com promessa de anúncio para o Estado e ausência de Paulo Guedes, cúpula do Mercosul se prepara para os últimos dias

Chamou atenção no encontro também o  discurso do Ministro de Relações Exteriores brasileiro, Ernesto Araújo, que presidiu a reunião dos chanceleres. Embora tenha criticado a suposta condução ideológica dos governos anteriores no país, Araújo defendeu ideologicamente o Governo Bolsonaro. Na fala, o ministrou usou analogias como "saímos da caverna para a luz do sol" ao se referir à gestão econômica do atual governo e "paramos o trem" quanto à mudança de perfil político com a eleição de Bolsonaro.

_ O Mercosul deixou de ser freio para se tornar acelerador. Apagou-se a memória do Mercosul protecionista, ineficiente, simplesmente retrógrado. Voltamos a ter um Mercosul como um polo de neutralidade e democracia na América do Sul. Saímos da caverna e passamos para a luz do sol. Não voltaremos à caverna, das taxas de crescimento medíocres, falta de investimento, recessão e desemprego, de economia fechada, controlada pelo Estado, por meio de estatais ou empresas específicas. Isso era o que vivíamos no fundo da caverna. O Brasil não votará para esta caverna _ afirmou Araújo.

Ao todo, seis acordos foram anunciados entre os países. Ministros do Uruguai e da Argentina também destacaram o trabalho conjunto do bloco e as conquistas obtidas durante a atual cúpula do Mercosul.

Esse será o último encontro da atual composição de ministros e chefes de estados entre os países associados do bloco. Na próxima cúpula, novos integrantes representando Uruguai e Argentina assumirão os postos.

Nesta quinta-feira (5) ocorre o encontro entre presidentes. Estarão presentes o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, da Argentina, Maurício Macri, do Paraguai, Mario Abdo, e a vice-presidente do Uruguai, Lucía Topolansky.

Acordos assinados

1 Acordo para a proteção mútua de indicações geográficas dos estados partes do Mercosul.

2 Contrato de administração fiduciária Mercosul-Fonplata.

3 Acordo sobre reconhecimento recíproco de assinaturas digitais.

4 Novo anexo sobre serviços financeiros do protocolo de Montevidéu sobre comércio de serviços.

5 - Acordo de cooperação policial aplicável a espaços fronteiriços.

6 Acordo de alcance parcial para a facilitação do transporte de produtos perigosos.

Leia também:
Comissão Processante oferece três datas para depoimento do prefeito de Caxias do Sul
Prefeito de Caxias comemora assinatura de repasse de recursos para construção do aeroporto
Sancionada lei que define realização da Bênção dos Capuchinhos na Praça Dante, em Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros