Conquista em momento crucial para o Governo Guerra - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Mirante04/12/2019 | 21h13Atualizada em 04/12/2019 | 21h13

Conquista em momento crucial para o Governo Guerra

Assinatura de termo de compromisso para obras de novo aeroporto ameniza clima tenso com a CIC

Conquista em momento crucial para o Governo Guerra Leonardo Vargas/Divulgação
Foto: Leonardo Vargas / Divulgação

A assinatura do termo de compromisso para o repasse de R$ 200 milhões do governo federal para a construção do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, entre o prefeito Daniel Guerra (Republicanos) e o secretário nacional de Aviação Civil, Rônei Saggioro Glanzmann, veio num momento crucial para a atual administração de Caxias do Sul. Com o processo de impeachment em andamento na Câmara de Vereadores, os indicativos são pelo encaminhamento de parecer pela perda de mandato. 

Leia mais  
Assinado termo para repasse de R$ 200 milhões para aeroporto da Serra Gaúcha
Prefeito de Caxias comemora assinatura de repasse de recursos para construção do aeroporto 

Portanto, a conquista importante desta quarta-feira (04), somada à garantia do município de que irá bancar as desapropriações na área, ameniza o clima tenso que o prefeito vem enfrentando junto à classe empresarial. Guerra e o presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), Ivanir Gasparin, estavam juntos e sorridentes em Brasília (conforme registrado em fotos). 

No processo de impeachment anterior analisado pela Câmara, praticamente foi a CIC quem salvou Guerra. Desta vez, as manifestações de Gasparin em sucessivas reuniões-almoço demonstravam um esfacelamento das relações.

Os recursos para o aeroporto representam a notícia de maior expressão, mas houve outros anúncios significativos na semana como a segunda etapa da repavimentação da Perimetral Oeste e a construção do novo prédio da Escola Municipal Laurindo Luiz Formolo. Mas, somente agora, quando além da ameaça de impeachment há o ingrediente eleitoral, é que a prefeitura parece ter percebido carências da comunidade que precisam ser atendidas. 

Segurar realizações para o fim de mandato, com propósito eleitoral, não é exclusividade deste governo, mas já passou da hora de os governantes repensarem esse tipo de atuação.

Lei também  
Secretário da Saúde de Caxias nega irregularidades em sua área
"Saímos da caverna para a luz do sol", afirma ministro de Relações Exteriores brasileiro, em Bento
Secretário do Governo Guerra presta esclarecimentos à Câmara de Vereadores de Caxias
Comissão Processante oferece três datas para depoimento do prefeito de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros