Saiba quais os municípios da região têm gestão fiscal de excelência  - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Nordeste Gaúcho09/11/2019 | 11h31Atualizada em 09/11/2019 | 11h31

Saiba quais os municípios da região têm gestão fiscal de excelência 

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou  a atualização do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF)

Saiba quais os municípios da região têm gestão fiscal de excelência  Tuca Rainés/Divulgação
A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou a atualização do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) Foto: Tuca Rainés / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou na última semana a atualização do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) de 5.337 dos 5.568 municípios brasileiros, com base no exercício de 2018. Entre as prefeituras analisadas, 40,5% apresentaram situação crítica e apenas 4% obtiveram qualificação de excelência. Entre 65 municípios que compõem o Nordeste Gaúcho, 11 obtiveram grau de excelência, 43 de boa gestão, 10 de dificuldades e apenas um (Santa Tereza), grau crítico.

Cinco municípios do Nordeste Gaúcho constam entre os 10 melhores no ranking do Rio Grande do Sul: Tupandi (2º lugar), Feliz (5º), Gramado (8º), Montauri (9º) e Cotiporã (10º). Desses,Tupandi, que possui cerca de 4,8 mil habitantes, é o melhor colocado no ranking nacional, no qual ocupa a 12ª posição. 

Caxias do Sul surge na 51ª posição do ranking estadual e na colocação 242 do nacional. O município é qualificado como de “boa gestão” e apresenta melhora na pontuação com relação a 2017, em que apresentou índice 0,7580, contra 0,7882 conquistado em 2018 – quando mais próximo do 1 ponto, melhor o grau de qualificação da gestão. Ainda assim, apesar do aumento, o município apresenta pontuação inferior com relação aos anos de 2013 a 2016,em que obteve a classificação de excelência. 

O Pioneiro encaminhou questionamentos à prefeitura de Caxias sobre a classificação do município no Índice Firjan.

A administração informou que deve enviar esclarecimentos na próxima semana. O pior desempenho de Caxias é no índice de investimentos, em que apresenta pontuação considerada crítica. Para esse quesito, o desempenho é avaliado conforme a aplicação baseada na receita municipal líquida. Municípios que investem mais de 12% do caixa obtém 1 ponto (máximo). Caxias do Sul totalizou 0,2352 para este índice.

Outro desempenho que chama a atenção é o de Bento Gonçalves, classificado como município de Gestão com Dificuldades. Bento ocupa a posição 330 no ranking estadual e a classificação número 2.005 no país.

Tupandi em 2º lugar no RS 

Tupandi é uma cidade com 4.855 habitantes, segundo estimativa do IBGE em 2019. O município é o melhor nos rankings estadual e nacional entre os municípios do Nordeste Gaúcho. Ocupa a 2ª posição no Rio Grande do Sul e a 12ª no país. O secretário municipal da Fazenda,Rafael Sehnem,explica que a boa colocação de Tupandi é resultado de ajustes feitos ainda em 2015.

– Em 2015, no auge da crise, passamos por sufoco, mas foi a oportunidade de ajustar as contas, cortar gastos, formar caixa.Agora, colhemos os frutos desses ajustes fiscais. Mas é um trabalho que não é do dia para a noite – avalia. Com as contas em dia e com recursos em caixa para “caso surjam imprevistos”, o município obteve pontuação máxima e conceito de excelência em quase todos os quesitos, menos liquidez, que considera o potencial de fluxo de caixa. Ainda assim, mesmo nesse quesito, foi avaliado como“boa gestão”.

– Para aumentar liquidez, poderíamos avaliar a questão do pagamento a fornecedores, mas sempre tentamos pagar o mais rápido possível, pois sabemos que empreender nesse país é complicado – explica Sehnem.

Para o ano de 2020 (que avaliará o exercício de 2019), o secretário ressalta que a meta é tentar ocupar a primeira posição do ranking estadual:

– Nosso objetivo é sempre esse e estamos bem. Se no ano passado investimos pouco mais de 16% da nossa receita, neste ano vamos ultrapassar 20%.

Leia também
Pedro Guerra: a decisão mais difícil que já tomei
Nivaldo Pereira: os monstros do pântano
Na Serra, apenas quatro de 65 municípios têm salas de cinema com programação regular
Em show em Caxias, Paula Toller veste look de estilista da cidade por coincidência  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros