Prefeitura de Caxias confirma que vai pagar as desapropriações do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Infraestrutura29/11/2019 | 20h17Atualizada em 29/11/2019 | 20h27

Prefeitura de Caxias confirma que vai pagar as desapropriações do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha

Assinatura de termo de compromisso com o Governo Federal está agendada para a próxima quarta, em Brasília

Prefeitura de Caxias confirma que vai pagar as desapropriações do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha Mateus Argenta/Divulgação
Foto: Mateus Argenta / Divulgação

A prefeitura de Caxias do Sul confirmou que vai pagar as desapropriações da área do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, em Vila Oliva. A informação foi anunciada pelo secretário de Planejamento, Fernando Mondadori, nesta sexta-feira à tarde em uma reunião de trabalho do movimento Mobilização por Caxias (MobiCaxias), realizada na Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul.

Leia mais:
Prefeitura de Caxias pede autorização de empréstimo para desapropriações do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha
"O Estado não faltará", diz governador sobre o Aeroporto de Vila Oliva

Na semana passada, o Executivo protocolou na Câmara de Vereadores projeto de lei em regime de urgência que solicita autorização para contratar empréstimo com a Caixa Econômica Federal no valor de até R$ 30 milhões. O cálculo das desapropriações, atualizado em agosto de 2019, é de R$ 20,6 milhões. O valor a mais é para uma reserva para possíveis implementações de obras de acessos viários ao novo aeroporto.

Mondadori conta que a prefeitura aguarda a aprovação do projeto de lei para até o final do ano e inicie a programação da disponibilidade do recurso a partir de 2020.  

_ A gente está buscando um financiamento para que, com essa aprovação (do projeto de lei), possamos indenizar os proprietários. 

Segundo o secretário, o município tem um acordo com o Governo Federal para realizar as desapropriações até a metade de 2020, e a solução encontrada foi garantir o financiamento. Mondadori é o primeiro a criticar publicamente a Governo Eduardo Leite (PSDB) que havia se comprometido em pagar as desapropriações. Questionado se o Estado teria oferecido outro tipo de apoio para viabilizá-las, ele disse:

_ O Governo do Estado se colocou à disposição, mas é uma disposição que está só no ofício. Você não vê nenhum movimento, nenhuma ação de fato para apoiar o projeto _ disparou.

No início de novembro, o Executivo entregou a documentação necessária para assinatura do chamado Termo de Compromisso com a Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e aguarda a aprovação. A assinatura está agendada para acontecer na próxima quarta-feira, dia 4 de dezembro. O documento prevê o repasse de aproximadamente R$ 200 milhões da União para a construção do novo aeroporto. O Governo Federal já liberou R$ 3 milhões para a elaboração do projeto executivo, que servirá de base para as obras.

Leia também:
Aeroporto de Caxias do Sul está preparado para receber chefes de Estado na próxima quinta
Vereador pede demissão de procuradora-geral do município de Caxias
Ex-governador vai palestrar na CIC em Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros