Prefeito de Caxias do Sul realizou 18 viagens de março a outubro - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Executivo18/10/2019 | 22h30Atualizada em 19/10/2019 | 08h23

Prefeito de Caxias do Sul realizou 18 viagens de março a outubro

Nos últimos 60 dias, o prefeito esteve ausente por 48 da cidade. Veja para onde ele foi.

Prefeito de Caxias do Sul realizou 18 viagens de março a outubro Arte Pioneiro/
Foto: Arte Pioneiro

Nas últimas nove semanas do ano (de 19 de agosto a 19 de outubro), o prefeito Daniel Guerra (Republicanos) viajou em oito delas. Neste intervalo, o único período em que permaneceu na cidade consecutivamente foi de 29 de setembro a 5 de outubro. Dos 60 dias, ele esteve 48 deles fora da prefeitura. Isto significa 4 dias a cada 5. Para chegar aos 48 dias fora da cidade, a reportagem usou como critério as datas em que o prefeito recebeu diárias e mais o dia de retorno para Caxias.

Leia mais:
Prefeito de Caxias visita três capitais durante esta semana
Prefeito de Caxias do Sul ficará fora da cidade essa semana
Portal da Transparência informa nova viagem do prefeito de Caxias e chefe de Gabinete  

De 14 de março até hoje, o chefe do Executivo já realizou 18 viagens para sete Estados brasileiros e o Distrito Federal. O custo total das diárias é de R$ 29.002. A prefeitura não informou o valor gasto com todas as passagens aéreas (veja quadro).

O principal destino do prefeito é Brasília com sete viagens – em três delas, acompanhou as sessões do julgamento do Caso Magnabosco no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele esteve ainda em São Paulo por três vezes e no Paraná foram duas. Guerra dedicou agendas em três Estados do Nordeste. Esteve em duas oportunidades no Ceará, em uma na Bahia e outra no Rio Grande do Norte. Guerra também visitou os Estados de Santa Catarina e Goiás.

Das 18 viagens no ano, em cinco delas foram cumpridas agendas de assuntos de interesse indiscutível para a cidade. Houve três presenças em sessões do Caso Magnabosco, em Brasília, e uma audiência no Ministério da Saúde que possibilitou a doação de quatro ambulâncias para o Samu, no valor de cerca de R$ 200 mil cada uma.

Nesta semana, aconteceu a viagem mais relevante da administração. Articulação do senador Luis Carlos Heinze (PP) com o governo federal agendou a assinatura de um termo de compromisso para o Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, o Aeroporto de Vila Oliva, com a garantia de aproximadamente R$ 200 milhões. A solenidade ocorrerá no dia 4 de dezembro, no Ministério da Infraestrutura, em Brasília. Guerra ainda participou da marcha de prefeitos denominada Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

As demais viagens de Guerra são participações como assistente em congressos e seminários em áreas de gestão, liderança, saúde, turismo, segurança, controle público, agendas sustentáveis, gestão tributária e feira de empreendedorismo. Ele ainda participou do Congresso Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal. Guerra não presta contas das participações nesses eventos.

CONTRAPONTO

:: A reportagem do Pioneiro tentou ouvir nesta sexta-feira um representante da administração municipal para comentar sobre as viagens do prefeito Daniel Guerra (Republicanos), mas não foi atendida.

:: O que disse a assessoria de imprensa: “Todas informações estão no Portal da Transparência (da prefeitura).”

:: Porém, o Portal da Transparência não especifica o valor das passagens aéreas, não comprova a presença nos eventos e também não apresenta as vantagens para o serviço público.

AS VIAGENS DE GUERRA EM 2019

 1. Seminário de Gestão, Projetos e Liderança do Paraná 2019, em Maringá (PR), nos dias 14 e 15 de março. Custo da viagem (diárias) de R$ 690. Não foi informado o valor das passagens aéreas.

2. Audiência do Caso Magnabosco, nos dias 26 a 28 de março, em Brasília. Custo da viagem (diárias) de R$ 1.199. Não foi informado o valor das passagens aéreas.

3. Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, na capital federal, de 8 a 11 de abril. Custo da viagem (diárias) de R$ 1.708. Não foi informado o valor das passagens aéreas.

4. Congresso Brasileiro de Direito e Saúde, em Fortaleza (CE), de 28 de maio a 1º de junho. Custo da viagem (diárias e passagens aéreas) de R$ 3.550,20.

5. 27ª Expotchê, em Brasília, de 10 a 12 de junho. Custo da viagem (diárias e passagens aéreas) de R$ 1.698.

6. 14ª Feira e Conferência Internacional de Segurança, em São Paulo, de 24 a 27 de junho. Custo da viagem (diárias e passagens aéreas) de R$ 2.813,51.

7. Agenda nos ministérios da Saúde e do Turismo, em Brasília, em 5 e 6 de agosto. Custo da viagem indicado junto com o da próxima viagem. 

8. Expo Municípios, em Goiânia (GO), em 7 e 8 de agosto. Custo da viagem (diárias e passagens aéreas) de R$ 3.373.

9. 3º Congresso Brasileiro de Governança, Controle Público e Gestão de Riscos, em Foz do Iguaçu (PR), de 19 a 23 de agosto. Custo da viagem (diárias e passagens aéreas) de R$ 3.205,33.

10. III Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa no Campo de Públicas, em Natal (RN), de 27 a 30 de agosto. O custo está indicado junto com o da próxima viagem.

11. III Congresso Internacional de Desempenho do Setor Público, em Florianópolis (SC), de 2 a 4 de setembro. As diárias são de 26 de agosto a 5 de setembro. Custo da viagem (diárias) de R$ 5.271. Não foi informado o valor das passagens.

12. Sessão de julgamento do Caso Magnabosco, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, de 10 a 12 de setembro. Custo da viagem (diárias) de R$ 1.199.

13. Conferência Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis, em São Paulo (SP), nos dias 17, 18 e 19 de setembro. Custo da viagem (diárias e passagens aéreas) de R$ 2.709,20.

14. Participação no XLV Congresso Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal, de 24 a 27 de setembro, e XV Encontro Nacional Controle Interno, nos dias 25 e 26, em Fortaleza (CE). As diárias somam R$ 2.726. As passagens custaram R$ 2.722,14. 

15. Participou da Feira do Empreendedor 2019, de 6 a 8 de outubro, em São Paulo. Custo indicado junto com os valores informados na viagem de número 17 (abaixo).

16. Sessão de julgamento do Caso Magnabosco, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, no dia 9 de outubro. Custo indicado junto com os valores informados na próxima viagem.

17. V Congresso Brasileiro de Gestão Tributária na Administração Pública, nos dias 10 e 11 de outubro, em Salvador (BA). Recebeu diárias de 6 a 12 de outubro, no valor total de R$ 3.235. Não foi informado o valor das passagens.

18. Audiência com o secretário nacional de Aviação Civil (SAC), Ronei Saggioro Glanzmann, no dia 16 de outubro, em Brasília, sobre a construção do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, o futuro aeroporto de Vila Oliva. Recebeu diárias de 15 a 17 de outubro no valor total de R$ 1.199. Não foi informado o valor das passagens.

* Para chegar à soma dos 48 dias fora da cidade, a reportagem do Pioneiro usou como critério as datas em que o prefeito recebeu diárias e mais os dias de retorno para Caxias.

Leia também:
Câmara de Bento Gonçalves votará abertura de cassação de vereador
Governo federal assinará compromisso para garantir aeroporto da Serra Gaúcha


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros