Palestra de prefeito de Bento Gonçalves sugere movimento velado de provocação a Daniel Guerra - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Reunião-almoço02/09/2019 | 19h58

Palestra de prefeito de Bento Gonçalves sugere movimento velado de provocação a Daniel Guerra

"Ao contrário do que muitos pensam, a construção política é legítima e necessária num processo democrático", afirmou Guilherme Pasin em evento

Palestra de prefeito de Bento Gonçalves sugere movimento velado de provocação a Daniel Guerra Júlio Soares/Divulgação
Foto: Júlio Soares / Divulgação

A palestra do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin (PP), na reunião-almoço desta segunda-feira (02) da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias teve um tom de provocação indireta ao chefe do Executivo caxiense, Daniel Guerra (PRB). Embora o tema da palestra "Serra unida - nossa história e nossa força" sugerisse pautar a integração entre os municípios da região, Pasin não foi convidado pela representatividade que exerce como presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) e sim como prefeito. Ele é o primeiro chefe do Executivo da cidade vizinha da história a palestrar na CIC.

Em sua manifestação, citou projetos em articulação que visam beneficiar a região, mas, sobretudo, destacou ações adotadas no modelo de gestão da prefeitura de Bento. Entre as quais, destacou a necessidade de estabelecer diálogo com entidades civis e representativas e Câmara de Vereadores, aspectos que são comumente criticados na administração de Guerra, inclusive pelo presidente da CIC, Ivanir Gasparin.

— Apostamos na parceria política e comunitária. Construímos um base forte na Câmara Legislativa. E ao contrário do que muitos pensam, a construção política é legítima e necessária num processo democrático. O governo não é meu, a administração é municipal. Princípios e valores não se negociam, mas governo se discute e ações são construídas em conjunto — afirmou Pasin.

E complementou: 

— A função de um prefeito, no meu entendimento, passa muito mais por atrair uma sociedade organizada a colaborar com um município, participando das grandes frentes e decisões, do que simplesmente impor caminhos. Vejo muito mais sentido de um prefeito líder de comunidade do que um chefe do Executivo. Numa orquestra, o maestro, por mais importante que seja, não toca instrumento algum. Política é, necessariamente, construção.

A ausência de Daniel Guerra foi novamente percebida, especialmente porque o evento contou com a presença de três prefeitos e um vice de municípios da Serra.

Diferente de eventos anteriores, as manifestações de Ivanir Gasparin, assim como as do público no final do evento _ incluindo o ex-prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT), crítico reconhecido de Guerra _ não fizeram menção direta ao prefeito de Caxias. 

Ao final da palestra, Pasin foi aplaudido de pé pelo público. Ao cumprimentar o prefeito de Bento, Alceu comentou:

— Quem deveria te ouvir, não está aqui.

"Bem diferente da gestão daqui"

Ao Pioneiro, o presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias, Ivanir Gasparin, afirmou que o convite a Guilherme Pasin teve como propósito incentivar a proposta de integração da Serra Gaúcha. Apesar de negar a provocação política, no comparativo entre as as administrações municipais de Bento e Caxias, afirmou:

— É, pela palestra deu para notar que são posturas bem diferentes das duas prefeituras.

DESTAQUES

CAXIAS DAS HORTÊNSIAS

"Não vejo que Caxias esteja voltada para si mesmo. Eles buscaram outro caminho, o das Hortênsias. Nós que ficamos na Uva e Vinho, por um lado lastimamos a perda de um município tão importante quanto Caxias. Por outro, não conseguimos entender a estratégia, pois, se fomos comparar o crescimento dos últimos anos de ambas as regiões, não conseguimos entender essa movimentação, mas respeitamos a posição de Caxias do Sul. Nós temos orgulho da nossa raiz, da nossa tradição, que é permeada pela uva e vinho."

AEROPORTO DA SERRA GAÚCHA

"Uma prioridade nossa também, porém, é muito importante que nós possamos nos esforçar para que os nossos sonhos não sejam individuais, precisamos falar dos nossos sonhos para fazer com que os demais sonhem conosco. É um pedido que eu faço porque a nossa região precisa comprar a ideia do Aeroporto da Serra Gaúcha. Inclusive, faço convite para que a próxima plenária de prefeitos da Amesne, o prefeito Daniel Guerra esteja expondo o belíssimo projeto (do aeroporto) da Serra Gaúcha, um aeroporto de todos nós, em Caxias do Sul."

CANDIDATO A PREFEITO DE CAXIAS

"Me honrou muito o convite feito pelo diretório do PP em Caxias. Entendi como reconhecimento do trabalho, mas a legislação hoje não permite isso. Considera prefeito itinerante que busca ser prefeito de outro município. Mas confesso que fiquei muito feliz em ser lembrado e reconhecido. Mas Caxias tem grandes líderes. Caxias tem estoque de lideranças muito grandes, com perfil de liderança política. Estarei lado a lado com Caxias do Sul trabalhando a região. Sou de Bento Gonçalves, moro lá, tenho família lá, vou trabalhar com Caxias como região."

Leia também
"A participação da mulher na política é distorcida", avalia vereadora Denise Pessôa
Semana do prefeito de Caxias do Sul tem pedido de impeachment e CPI da Saúde
Prefeito de Bento Gonçalves palestra na CIC de Caxias nesta segunda

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros