Vereadores aprovam moção de contrariedade à inclusão de Caxias do Sul na Região das Hortênsias   - Política - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Decisão09/07/2019 | 12h15

Vereadores aprovam moção de contrariedade à inclusão de Caxias do Sul na Região das Hortênsias  

Texto contou com apenas um voto contrário, do vereador Renato Nunes (PRB)

Após uma série de críticas dos parlamentares que fazem parte da oposição ao governo do prefeito Daniel Guerra, foi aprovado, por maioria de votos, a moção de contrariedade à inclusão de Caxias do Sul na Região das Hortênsias. O documento, encaminhado em regime de urgência ao plenário nesta terça-feira (9), foi aprovado por 19 votos contra um. Somente foi contrário à moção o líder do governo na Câmara, vereador Renato Nunes (PRB). Não estiveram presentes em plenário os vereadores Elizandro Fiuza (PRB) e o vereador Rodrigo Beltrão (PT).   

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 18/10/2018. Casa de Pedra tem fiação roubada. (Diogo Sallaberry/Agência RBS)
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Leia mais
Mudança de Caxias da Região Uva e Vinho para as Hortênsias deve ser oficializada neste ano
Vereadores se mobilizam contra ingresso de Caxias na Região das Hortênsias 

A moção foi proposta por 13 vereadores e teve uma série de manifestações de apoio da inciativa por outros parlamentares de oposição ao governo querejeitam a intenção de Caxias do Sul ter que deixar de pertencer à Região da Uva e Vinho para ingressar na Região das Hortênsias, atualmente composta pelos municípios de Gramado, Canela, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula.  

Em posicionamentos no plenário, a iniciativa do município foi criticada por diversos parlamentares. Um deles, o vereador Elói Frizzo (PSB), afirmou que a decisão pela inclusão foi feita de forma unilateral pela prefeitura, sem o debate com os órgãos municipais de turismo, comunidade e as lideranças empresariais do município.  

(A moção) é uma posição clara, por parte do poder Legislativo, a essa insanidade apresentada à sociedade como um fato consumado, sem discussão nenhuma – afirmou Frizzo.  

O líder do governo, vereador Renato Nunes, foi o único parlamentar da base governista que rebateu as críticas.  

— A inclusão de Caxias está em conformidade com a divisão geográfica e a proximidade entre os municípios — destacou Nunes.   

O texto da moção aponta que reconhece a Região das Hortênsias como um polo turístico importante e consolidado. No entanto, destaca que Caxias deve seguir suas raízes culturais e históricas e permanecer na Região da Uva e do Vinho, enquanto política de regionalização do turismo; e que a atual gestãodeve se comprometer a realizar as articulações necessárias para o maior aproveitamento de seu potencial turístico e contribuir para o desenvolvimento econômico e social do município e da região. 

A moção será encaminhada à secretária municipal de Turismo, Renata Carraro, ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Ruy Irigaray, e aos deputados estaduais Neri, O Carteiro (SD), Pepe Vargas (PT) e Carlos Búrigo (MDB). 

Leia também
Frio muda cenário de ponto turístico em São José dos Ausentes
Brigada Militar apreende carga de supostas pedras preciosas em Caxias do Sul
Procurado que levou à apreensão de supostas esmeraldas em Caxias é assaltante condenado em Taquara

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros