Programa da prefeitura de Caxias do Sul não tem transparência - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Administração municipal05/07/2019 | 20h49Atualizada em 05/07/2019 | 21h40

Programa da prefeitura de Caxias do Sul não tem transparência

Governo Daniel Guerra esconde informações sobre o Gabinete Itinerante, projeto de diálogo com a comunidade, que já foi levado a 14 lugares

Programa da prefeitura de Caxias do Sul não tem transparência Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O principal programa do Governo Daniel Guerra (PRB) para ouvir as reivindicações dos moradores, o Gabinete Itinerante é cercado de falta de transparência. Iniciado em abril de 2017, o projeto levou o chefe do Executivo municipal, os secretários e presidentes de autarquias a 14 comunidades das áreas urbana e rural até agora. Nas reuniões, todas as demandas são anotadas e recebem uma resposta da administração, seja confirmando a realização da obra ou indeferindo o pedido.

Com o objetivo de apurar o resultado do Gabinete Itinerante até agora, o Pioneiro solicitou à prefeitura um levantamento com a quantidade de demandas encaminhadas pela população e o número de pedidos atendidos, porém a prefeitura não ofereceu as informações. Além disso, a administração não informou o número de participantes das edições do projeto e não deu publicidade a alguns dos encontros realizados. 

A primeira edição do evento realizada no dia 30 de maio de 2017, no Postão 24 Horas, aconteceu de maneira improvisada e sem que houvesse comunicação. Na oportunidade, Guerra transferiu seu gabinete para o local a partir das 15h onde assinou documentos, atendeu agendas externas e conversou com servidores da unidade de saúde. No início da noite, o prefeito teve o primeiro contato com os os pacientes e familiares que aguardavam atendimento, explicou o projeto e pediu que assessores anotassem as reivindicações. 

Dos 14 Gabinetes Itinerantes realizados, o Pioneiro acompanhou os encontros ocorridos no Postão 24 Horas, no Rota Nova, na Câmara da Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul e no salão paroquial da Igreja Santa Catarina. Em todos, o prefeito Daniel Guerra ressaltou que o projeto é uma oportunidade de diálogo sem intermediários do governo municipal com os moradores. Entretanto, o governo não informa o resultado do programa.

O projeto foi levado até agora também às comunidades de Ana Rech, Vila Cristina, Santa Lúcia do Piaí, Galópolis, Cidade Nova, Estrada dos Romeiros, Fazenda Souza, 3ª Légua, Planalto e Campos da Serra.

O convite aos moradores também é discreto e direcionado: é realizado por meio da distribuição de panfletos que são entregues aos moradores da região onde o Gabinete Itinerante é realizado por cargos em comissão (CCs) da Coordenadoria de Relações Comunitária, órgão responsável pela organização dos eventos.

O que diz a prefeitura:

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da prefeitura informou sobre o funcionamento do Gabinete Itinerante e genericamente listou um conjunto de oito obras. A maioria ainda não saiu do papel.

“Além da administração ouvir as demandas diretamente das pessoas, no mesmo momento do Gabinete Itinerante esse morador já recebe o retorno. Seja através de um compromisso assumido pelo governo, que será honrado com prazo estipulado, ou através de um indeferimento com a devida explicação por parte do Poder Executivo. Como esse retorno é direto, qualquer tipo de contratempo nos prazos estabelecidos também é comunicado diretamente aos moradores. O que se percebe, na maior parte das vezes, é que o próprio morador já acompanha no seu bairro o desenrolar das solicitações requisitadas.

Em todos os Gabinetes Itinerantes, realizados desde 2017, muitas ações já foram anunciadas e cumpridas pela prefeitura, tanto demandas mais pontuais quanto obras de grande porte. Entre elas:

:: Reforma do Postão 24 Horas, com um investimento de R$ 637,5 mil. 

:: Construção da Escola Municipal San Gennaro para contemplar os estudantes do loteamento Rota Nova, que prevê 2.550 metros quadrados de área construída em um investimento de mais de R$ 5 milhões.

:: Iluminação da Rua Pedro De David também no Rota Nova, com instalação de 13 luminárias e seis postes de energia.

:: Construção de muros de contenção em Sebastopol.

:: Reintegração de posse da Amob (sede da associação de moradores) do bairro Cidade Nova.

:: Diversos asfaltamentos de estradas, entre elas: Estrada dos Romeiros; estrada de Sebastopol a Santa Lúcia do Piaí; e Estrada 61 com Estrada 19 (São Pedro da 3ª Légua/Estrada do Vinho).”

Foto: Arte Pioneiro
Foto: Arte Pioneiro

Leia também:
O que vereadores de Caxias do Sul pensam sobre os diálogos vazados
Para líder na Câmara, R$ 50 mil na reforma do gabinete de Daniel Guerra não é desperdício
Prefeitura de Caxias do Sul terá de responder cinco questões sobre a UPA Zona Norte

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros