Prefeitura de Caxias cobra na Justiça dívida da UAB - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Governo x movimento comunitário10/07/2019 | 17h15Atualizada em 10/07/2019 | 19h02

Prefeitura de Caxias cobra na Justiça dívida da UAB

Valor é superior a R$ 95 mil

Prefeitura de Caxias cobra na Justiça dívida da UAB Roni Rigon/Agencia RBS
UAB também teve negado o pedido de audiência com o prefeito Daniel Guerra Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A prefeitura de Caxias do Sul está cobrando na Justiça dívida de R$ 95.222,74 da União das Associações de Bairros (UAB) devido a pendências financeiras com o município. De acordo com a prefeitura, com a judicialização do débito na 2ª Vara Cível Especializada em Fazenda Pública, a entidade tem cinco dias para realizar o pagamento mediante determinação judicial. 

Leia mais
UAB de Caxias protocola pedido de audiência com prefeito Daniel Guerra
UAB, em Caxias, pode ter de devolver recursos recebidos do governo passado 

A UAB teve uma desaprovação da prestação de contas parcial pela Comissão de Tomada de Contas Especial, formada por servidores do Controle Interno. E, segundo a prefeitura, desde março de 2017 foram encaminhadas cinco notificações para a entidade que representa o movimento comunitário, visando à regularização das contas e o ressarcimento do prejuízo, e não houve retorno. 

Conforme a comissão, os fatos apurados no processo indicam a ocorrência de prejuízo ao erário oriundo do não aceite de despesas na prestação de contas do projeto denominado "Movimento Comunitário", executado através de recursos do município.

— Para, em respeito e em defesa da população de Caxias do Sul e do dinheiro público, estamos cobrando a necessidade do ressarcimento dessas pendências financeiras com a prefeitura — diz a procuradora-geral adjunta, Geraldine Gollo.

De acordo com a Comissão de Tomada de Contas Especial, "diante do tempo disponibilizado e das notificações encaminhadas para que os problemas de prestação de contas fossem solucionados, conclui-se que a União das Associações de Bairros (UAB) teve ampla oportunidade e tempo de defesa".

O documento informando da judicialização da dívida foi encaminhado à UAB nesta quarta-feira (10/07).

Reunião negada

Também foi negado o pedido de reunião com o prefeito Daniel Guerra (PRB), protocolado pela entidade em 2 de julho.

Na resposta enviada consta que "assuntos de interesse da UAB, das lideranças comunitárias e associações de moradores de bairros deverão ser tratados junto à Coordenadoria de Relações Comunitárias, cujo horário de atendimento ao público é das 10h às 16h (pessoalmente) e das 8h às 17h (por telefone), de segunda a sexta-feira."

Ao final do ofício, assinado pela procuradora-geral adjunta, o Governo Daniel Guerra (PRB) diz que deseja à nova diretoria da UAB, que é presidida por Valdir Walter, "uma administração voltada para o respeito do interesse público e dos demais princípios constitucionais".

No pedido de audiência, a UAB pretendia apresentar a nova diretoria eleita para o mandato 2019-2023 e informar que as associações de moradores de bairros (amobs) têm novos presidentes. Ainda iria solicitar a retomada do atendimento dos presidentes de bairros todas as terças-feiras pelo secretariado municipal.

Leia também
Número 2 da Procuradoria-Geral do Município fará concurso para cargo de procurador na prefeitura de Caxias
Edson Néspolo reitera estar a postos para concorrer a prefeito de Caxias do Sul
PTB procura o PP para aliança na disputa à prefeitura de Caxias
Prefeitura de Caxias do Sul cobra ponto eletrônico dos procuradores do município  
Secretária de Turismo de Caxias fará concurso municipal para a pasta que comanda
"Estão se servindo da prefeitura para compadrio", acusa vereador  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros