Viagem de prefeito Daniel Guerra a Fortaleza gera discussão no Legislativo - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Câmara29/05/2019 | 13h44Atualizada em 29/05/2019 | 13h44

Viagem de prefeito Daniel Guerra a Fortaleza gera discussão no Legislativo

Parlamentares de oposição alegaram falta de transparência de poder público e situação contestou gastos de outros prefeitos com viagens

Viagem de prefeito Daniel Guerra a Fortaleza gera discussão no Legislativo Gabriela Bento Alves / Divulgação/Divulgação
Foto: Gabriela Bento Alves / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A viagem do prefeito Daniel Guerra (PRB) a Fortaleza — informada nesta terça-feira (28) — foi motivo de discussão entre parlamentares da oposição e da base do governo na Câmara de Vereadores de Caxias na sessão desta quarta (29). A maior parte dos parlamentares questionou a falta de divulgação prévia da participação do chefe do Executivo  no VI Encontro Nacional do Ministério Público de Defesa da Saúde na capital cearense.

— Particularmente, não sou contra viagem de qualquer político, mas a questão é a transparência: a gente não pode ficar especulando "será que o prefeito está viajando?". Estava circulando fotos do prefeito no aeroporto. Quer dizer, isso tem de ser transparente, tem de ser divulgado de forma antecipada. Não há problema em ir para um congresso, mas a população tem direito de saber para onde vai o prefeito — criticou o vereador Alberto Meneguzzi (PSB).

Leia mais:
Prefeitura de Caxias do Sul nas mãos de secretários
Prefeito Daniel Guerra viaja a Fortaleza para participar de congresso 

— (O prefeito) não tem capacidade de ir em reunião da Amesne, não vi se reunir nenhuma vez com governo do Estado. Incoerência. Não sou contra as viagens.  Agora, o absurdo é a incoerência (por parte do prefeito) e por que não comunicar essa viagem? Tem de ser escondido? — questionou Felipe Gremelmaier (MDB).

Já alguns vereadores criticaram a ida do chefe de Gabinete — e irmão do prefeito —, Chico Guerra (PRB) em companhia do prefeito. 

— O vereador (sic) Chico Guerra tem dado bons exemplos: primeiro para a Disney, depois para a Itália e agora para Fortaleza. Quando é viagem a trabalho, ninguém contesta. Agora, a viagem para a Itália quanto custou? Quantos dias ficaram para fazer uma assinatura? Uma viagem de turismo! Isso é vergonhoso para Caxias. A cidade está solta. Não tem vice-prefeito, não tem prefeito. Quem assume a prefeitura? — questionou Renato Oliveira (PCdoB).

— A Câmara tem que convocar o Chico Guerra para vir a essa Casa prestar contas dessas viagens. É justo e necessário. A começar pela viagem da Itália. Até para a comunidade ter acesso aonde está o interesse público dessas viagens — propôs Rodrigo Beltrão (PT).

Em contraponto, Renato Nunes (PR) expôs os gastos de prefeitos anteriores com viagens

— O "seu" Sartori, ex-prefeito, gastou R$ 51.662 em viagens. Já, o pior prefeito de Caxias, na minha opinião, Alceu Barbosa Velho (PDT), gastou R$ 60.301. Já o prefeito Daniel Guerra, até o exato momento, fora essa viagem (para Fortaleza), gastou R$ 1.643,44 em viagens.É muito fácil ser oposição, vamos e viemos. Qual é a estratégia: Dá-lhe pau, descer a lenha.  Se não viaja reclama, se viaja reclama — rebateu Nunes.

 O prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra (PRB), viajou nesta terça para Fortaleza. O chefe do Executivo foi acompanhado do irmão e chefe de gabinete, Chico Guerra (PRB). Segundo a prefeitura, a viagem dos irmãos custará aos cofres públicos um total de R$ 7,1 mil. As quatro passagens aéreas (ida e volta dos dois) somaram R$ 2.666,40. Cada um ainda receberá R$ 2.217 em diárias. 

Leia também
Vereador cobra melhorias em estradas do interior de Caxias
Executiva do PP de Caxias do Sul tem novo presidente
Novo presidente do PRB de Caxias não tem pressa para confirmar candidato a prefeito




 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros