Vereador que faltou à votação era a favor do projeto de Daniel Guerra contra ideologia de gênero nas escolas - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Mirante17/05/2019 | 19h11Atualizada em 17/05/2019 | 19h26

Vereador que faltou à votação era a favor do projeto de Daniel Guerra contra ideologia de gênero nas escolas

Embora a sessão deva ser prioridade, Ricardo Daneluz (PDT) disse que tinha outro compromisso

Vereador que faltou à votação era a favor do projeto de Daniel Guerra contra ideologia de gênero nas escolas Gabriela Bento Alves/Divulgação
Ricardo Daneluz declarou que se estivesse no plenário votaria contra o parecer pelo arquivamento Foto: Gabriela Bento Alves / Divulgação

O vereador Ricardo Daneluz (PDT) está com o governo municipal no que se refere ao projeto contra a ideologia de gênero nas escolas. Mas ele não participou da votação na quinta-feira. Daneluz diz que, se estivesse em plenário, teria votado contra o parecer pelo arquivamento, ou seja, a favor do projeto.

Leia mais  
Projeto de Daniel Guerra contra ideologia de gênero expõe divisão dos oposicionistas

A posição está declarada, porém, sem registro oficial na Câmara, uma vez que ele não votou. Daneluz enviou nota dizendo que, no horário em que houve a votação do parecer, não estava mais na Câmara de Vereadores, pois tinha um compromisso.

— A sessão estava se estendendo e tive que sair. Inclusive, foi pedido adiamento de votação de um projeto meu, por eu não estar mais na Casa — disse o vereador.

E completou:

— Se eu estivesse no plenário, teria votado contra o parecer pelo arquivamento.

Daneluz é mais um do grupo da oposição a apoiar o projeto do prefeito de Caxias, Daniel Guerra (PRB), que acabou sendo derrotado com a aprovação do parecer pelo arquivamento. Os oposicionistas Edson da Rosa (MDB) e Adiló Didomenico (PTB) votaram pela derrubada do parecer e a favor do governo. 

O resultado foi 16 x 4 pelo arquivamento. A vereadora Paula Ioris (PSDB), relatora do projeto na Comissão de Constituição, Justiça e Legislação que deu o parecer,  estava em Brasília como painelista de um evento do Ministério Público do Distrito Federal sobre segurança pública. 

Compromisso

Questionado se o compromisso de um vereador não é, prioritariamente, as sessões da Câmara e se não deveria permanecer até o final, independentemente do tempo de duração, Daneluz respondeu:

— A sessão é uma prioridade, sim. Ela acaba normalmente por volta das 12h. Então se faz uma agenda baseada por esse horário. Quando a sessão se estende, busco desmarcar os compromissos e reagendar a agenda. Na última quinta-feira, não foi possível reagendar, então, me ausentei em algumas votações. Se olhar o histórico, vai ver que é uma exceção e que isso acontece às vezes com os vereadores.

Daneluz acrescentou que busca participar de todas as votações e sempre ter uma posição pelo "sim" ou pelo "não" nos mais variados assuntos.

Leia também  
Veja os 32 questionamentos dos vereadores de Caxias do Sul sobre a Festa da Uva 2019
Vereador cita "os dez sem", sobre deficiências no governo Daniel Guerra


 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros