Sandro Fantinel é reconduzido à presidência do PSL de Caxias do Sul - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Partidos01/05/2019 | 20h45Atualizada em 01/05/2019 | 20h46

Sandro Fantinel é reconduzido à presidência do PSL de Caxias do Sul

Principal desafio é formatar lista de candidatos a vereador e candidatos a vice ou prefeito

Sandro Fantinel é reconduzido à presidência do PSL de Caxias do Sul Arquivo pessoal/Divulgação
Foto: Arquivo pessoal / Divulgação

O empresário Sandro Fantinel foi reeleito presidente da Comissão Executiva Provisória de Caxias do Sul. A escolha ocorreu na última sexta-feira, dia 26 de abril, em Porto Alegre. Ele foi reconduzido à presidência do partido do presidente Jair Bolsonaro por um período de 180 dias. Em Caxias, a sigla esteve sem comando durante os quatro primeiros meses do ano.

Leia mais:
PSL terá candidato a prefeito de Caxias do Sul

O PSL caxiense passou por um período de turbulência após a eleição do ano passado. Integrantes do diretório municipal que não concordavam com a condução de Fantinel iniciaram uma disputa interna. As divergências ficaram mais expostas com a apresentação de uma chapa de oposição liderada pelo ex-candidato a deputado estadual Daniel Santos, que atualmente é assessor do deputado federal, Bibo Nunes. 

A nova comissão foi escolhida pela Executiva estadual. Fantinel diz que sua recondução contou com o apoio do presidente estadual do PSL, deputado Coronel Zucco.

– O presidente e os demais (integrantes) da Executiva estadual decidiram me manter como presidente. O capitão (presidente Jair Bolsonaro) ainda é meu amigo. O coronel Zucco acompanhou todo o meu trabalho – ressalta.

A primeira tarefa de Fantinel será resolver as divergências internas e unificar a sigla para as eleições do próximo ano. Ele adianta que uma maneira para diminuir a tensão é atender a pedidos dos correligionários. 

– Agora preciso apaziguar. Somente juntos seremos fortes. Terei que ceder em algumas partes. É assim que funciona. Agora vou reorganizar o partido na cidade para 2020 – ressalta Fantinel.

A nova comissão municipal inicia hoje as primeiras discussões sobre o futuro da sigla na cidade e o planejamento será formatado com a opinião de todos, diz Fantinel. O principal desafio é organizar uma lista de candidatos a vereador e definir o candidato a vice ou prefeito para 2020.

O discurso em tom otimista após a vitória de Bolsonaro, de que o partido teria um candidato à prefeitura de Caxias do Sul, deu lugar a uma manifestação cautelosa. Fantinel não descarta apresentar candidato, mas admite que o partido não tem nomes para concorrer a prefeito e a vice, e diz ainda que tem pouco tempo para apresentar esses nomes aos eleitores.  

– Vejo uma facilidade maior em apresentar um nome para vice, mas não está descartado que tenhamos candidato a prefeito. Todos que vão concorrer a prefeito já estão trabalhando faz tempo – diz Fantinel, que ressalta que pretende trabalhar em comum acordo com a Executiva estadual.

A NOVA EXECUTIVA
:: Presidente: Sandro Fantinel
:: Vice-presidente: Ana Cristina dos Passos
:: Secretário-geral: Sandro Boeck
:: 1º secretário: Jucemara de Jesus de Oliveira
:: Tesoureiro: Júlio César Cambruzzi
:: 1º tesoureiro: Sandro Alex Perussato
:: 1º vogal: Aline Maria da Silva
:: 2º vogal: Lucas Ribeiro Suzin
:: 1º suplente: Leandro da Silva Lins Baía
:: 2º suplente: Tadeu Daneluz
:: 3º suplente: José Carlos dos Santos

Leia também:
Deputado Neri, O Carteiro e presidente da Gramadotur, Edson Néspolo, encontram-se em Gramado
Protocolado pedido de impeachment do prefeito de Gramado
Vereador de Farroupilha quer exame toxicológico para CCs


>Vereador de Farroupilha quer exame toxicológico para CCs


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros