PT de Caxias do Sul garante que terá candidato à prefeitura - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Mirante22/05/2019 | 21h28Atualizada em 22/05/2019 | 21h30

PT de Caxias do Sul garante que terá candidato à prefeitura

Ana Corso, presidente da sigla, diz que querem construir aliança que unifique os partidos de oposição ao Governo Bolsonaro 

PT de Caxias do Sul garante que terá candidato à prefeitura Gabriel Neves/Divulgação
Ana Corso informa que processo de discussão para 2020 no PT se iniciará depois de setembro Foto: Gabriel Neves / Divulgação

A presidente do PT de Caxias do Sul, Ana Corso, afirma que o partido terá candidato a prefeito em 2020, embora ainda não sejam vistos movimentos neste sentido. Ana garante que o PT não está "apagado", conforme definição dada pelo Mirante na quarta-feira ao falar do partido e das eleições municipais. Segundo ela, a prioridade do momento é "esclarecer o povo sobre o ataque às aposentadorias e aos direitos sociais promovido por (Jair) Bolsonaro e seus aliados". 

Leia mais
PCdoB anuncia Vanius Corte como pré-candidato a prefeito de Caxias do Sul
Movimentações eleitorais começam a ganhar ritmo em Caxias do Sul 

Ela cita vários nomes de possíveis representantes do partido na disputa, mas sem destacar especificamente algum deles.

— O PT, no momento, discute seu processo de renovação das direções. Em setembro renovaremos a direção municipal e a nova direção vai encaminhar o debate do processo eleitoral de 2020. O PT sempre teve forte protagonismo em Caxias, não será diferente em 2020. Queremos construir uma aliança política que unifique os partidos de oposição ao Governo Bolsonaro e a construção de um programa de governo para Caxias, que melhore os serviços públicos e defina o planejamento do futuro da cidade com a participação da sociedade.

A petista prossegue:

— O PT apresentará nomes para a disputa de 2020. Temos dois vereadores reconhecidos (Rodrigo Beltrão e Denise Pessôa), o deputado mais votado em Caxias na última eleição (Pepe Vargas), o (Marcos) Daneluz, a Silvana Piroli (presidente do Sindiserv), só para citar algumas das nossas lideranças, enfim, não faltam bons nomes ao PT.

Até agora, o que existe de definido é que irão discutir com os partidos que se opõem ao Governo Bolsonaro — PCdoB, PSOL, PCB, entre outros — para a constituição de uma frente. Os nomes da majoritária seriam discutidos depois, submetendo a esta frente ampla. 

— Estamos desde já buscando nomes para apresentar uma nominata completa de candidatos (as) a vereadores (as).

Enquanto isso, o PCdoB anunciou nesta quarta-feira o seu pré-candidato, o gerente regional da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, Vanius Corte. Ele foi procurador-geral no Governo Pepe Vargas. 

Momento certo

Questionada sobre comentários de que poderia haver reedição da chapa vencedora de 1996, Pepe Vargas e Marisa Formolo (ex-deputada estadual),  Ana não negou. Disse que não foi discutido.

— Não discutimos ainda, mas no momento certo apresentaremos nomes para a majoritária — respondeu.

Leia também
Vereador de Caxias do Sul quer multar quem faltar a consultas médicas no SUS sem justificativa
Jair Bolsonaro diz que atos de domingo são manifestações espontâneas da população


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros