Prefeito de Farroupilha nomeia concunhado para secretaria municipal - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Meio Ambiente22/05/2019 | 17h21Atualizada em 22/05/2019 | 18h00

Prefeito de Farroupilha nomeia concunhado para secretaria municipal

Tiago Ilha (PRB), que é casado com irmã da primeira-dama, deixa Câmara para assumir cargo na prefeitura

Prefeito de Farroupilha nomeia concunhado para secretaria municipal Caiani Lopes/Divulgação
Prefeito anunciou reforma administrativa nesta quarta-feira Foto: Caiani Lopes / Divulgação

 O vereador Tiago Ilha (PRB) é o novo secretário do Meio Ambiente, em Farroupilha. Casado com a irmã da primeira-dama, ele foi anunciado para assumir a função na prefeitura nesta quarta-feira (22). Com a nomeação do concunhado, o prefeito Claiton Gonçalves (PDT) dá maior destaque ao PRB, que compõe a base do governo e ganhou visibilidade no município com a eleição no ano passado da deputada estadual Fran Somensi (PRB), esposa do chefe do Executivo Municipal. Tema polêmico, a nomeação de parentes para o cargo de secretário municipal é liberada em súmula do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2008.

O prefeito alega que está embasado legalmente. Segundo ele, a escolha levou em consideração uma lista com três nomes apresentada pelo PRB e a avaliação foi que Tiago Ilha é o que tem maior expressão. Os nomes dos outros componentes não foram divulgados. 

— Nós escolhemos porque achamos que quem paga sempre o salário do servidor público é a população. Nós precisamos ter sempre as melhores vocações para que se possa cumprir com esse dinheiro público que é muito importante. Em relação ao fato de ele ser meu concunhado, ou seja, casado com uma irmã da minha esposa, não é fato novo na política. Embora seja polêmico, sempre levantado pelas oposições, ele é, dentro da instituição legal do serviço público, amparado. 

Leia também
Nomeação do irmão de Daniel Guerra na prefeitura de Caxias é amparada em decisão do STF
Prefeito de Gramado cumpre decisão e exonera 12 CCs

No entanto, a nomeação de parentes costuma levantar questionamentos sobre a moralidade do ato. O prefeito diz que se sente tranquilo em relação a isso, porque tem adotado a prática da transparência na administração pública. Afirma ainda que o novo secretário tem desenvolvido um trabalho importante de proximidade com a comunidade. Entre os desafios, aponta como principal o abastecimento de água e o tratamento de esgoto no município, serviços concedidos à Corsan e com constante reclamação de moradores. O primeiro passo é a realização de um encontro para debater o assunto em âmbito regional. 

O professor Miguel Ângelo Silveira de Souza, que estava à frente da Secretaria do Meio Ambiente, deve permanecer na administração municipal. Segundo o prefeito, eles ainda negociam o cargo.

Reforma administrativa

A mudança no Meio Ambiente faz parte de uma reforma administrativa. José Adamoli deixa a chefia de Gabinete do prefeito para assumir a chefia de Gabinete da deputada Fran Somensi. Interinamente, o secretário de Gestão e Desenvolvimento Humano, Vandré Fardin, assume o cargo na prefeitura. 

Outra mudança é que Deivid Argenta (PDT) sai da Secretaria do Planejamento para ocupar uma cadeira na Câmara dos Vereadores. Eleito em 2016, ele não chegou a assumir a função no Legislativo e permaneceu na pasta em que atuava desde a primeira gestão de Claiton Gonçalves. Agora, por decisão própria, irá atuar na Câmara. A Procuradoria do Município, sob gestão de Gelso Priotto, ficará de forma interina responsável pela pasta do Planejamento.

Conforme o prefeito, ainda não há nomes cotados para assumir os cargos de maneira definitiva. 

Mudanças na Câmara 

As trocas na prefeitura impactam também a Câmara de Vereadores de Farroupilha. Com a saída de Tiago Ilha, Léo Guth (PRB) assume uma cadeira. Já para a chegada de Deivid Argenta ao Legislativo, o suplente Aldir Toffanin (PDT) sairá do cargo. 

Leia mais
"Foi uma execução", afirma delegado sobre morte de grávida em Bento Gonçalves
Prefeitura passa a proibir abertura de bares com característica de conveniência após a meia-noite na Estação Férrea
Campos de Cima da Serra são oficializados como rota turística do Rio Grande do Sul

ong>

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros