Câmara de Caxias manifesta descontentamento com possível reajuste no salário do presidente do Banrisul  - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Câmara21/05/2019 | 19h48Atualizada em 21/05/2019 | 19h48

Câmara de Caxias manifesta descontentamento com possível reajuste no salário do presidente do Banrisul 

Moção de contrariedade será encaminhada ao governador Eduardo Leite

Câmara de Caxias manifesta descontentamento com possível reajuste no salário do presidente do Banrisul  André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os vereadores de Caxias do Sul aprovaram nesta terça-feira (21) uma moção de contrariedade ao possível reajuste, de 100%, nos salários do presidente e dos cinco diretores do Banrisul

O documento, de autoria coletiva e aprovado por unanimidade, será encaminhado ao governador Eduardo Leite (PSDB), ao secretário da Fazenda, Marco Aurelio Santos Cardoso, ao presidente da Assembleia Legislativa, Luís Augusto Lara (PTB), ao Conselho de Administração do Banrisul, à Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul (FETRAFI-RS) e a alguns deputados estaduais.

Se o aumento for dado, o salário dos diretores passará de R$ 45 mil para R$ 90 mil. O do presidente do banco, que agora é de R$ 50 mil, chegará a R$ 100 mil. 

Idealizador da moção, Felipe Gremelmaier (MDB) disse que o aumento para os cargos é insustentável. 

— O reajuste é muito grande — alertou. 

Leia também
"Adiló é a bola da vez", diz presidente do PTB sobre candidatura à prefeitura de Caxias
Projeto que prevê cooperação entre Executivo e órgãos universitários pode virar lei em Caxias
Presidente do MDB de Caxias garante que não houve conversa com Sartori sobre candidatura a prefeito


sobre candidatura a prefeito


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros