Prefeitura de Caxias do Sul busca empréstimo de R$ 50 milhões - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Governo municipal20/03/2019 | 07h28Atualizada em 20/03/2019 | 07h29

Prefeitura de Caxias do Sul busca empréstimo de R$ 50 milhões

Cerca de R$ 22,4 milhões serão aplicados na macrodrenagem na Bacia do Arroio Aliança

Prefeitura de Caxias do Sul busca empréstimo de R$ 50 milhões Roni Rigon/Agencia RBS
Na Cristóforo Randon com a Matteo Gianella, um ponto tradicional de alagamentos da Bacia do Arroio Aliança . Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A prefeitura de Caxias do Sul vai em busca de um empréstimo no valor de R$ 50 milhões para aplicar em quatro áreas da administração: comunicação e informática, segurança pública, máquinas e equipamentos e infraestrutura administrativa. O projeto de lei que pediu autorização da Câmara de Vereadores prevê linhas de crédito para a implantação de obra de macrodrenagem na Bacia do Arroio Aliança (ver abaixo) no valor de R$ 22.406.657,81, projeto de videomonitoramento e cercamento eletrônico da cidade estimado em R$ 3 milhões, proposta de atualização da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social — software e reforma da prédio da Maesa no valor de R$ 5,930 milhões.

A intenção ainda é contratar financiamento para a compra de equipamentos, projetos, licenças e aparelhos telefônicos para VoIP no valor de R$ 2.716.751,72, projeto de geração fotovoltaica com custo de R$ 1.894.200,00 e a aquisição de veículos, máquinas e equipamentos na ordem de R$ 12,65 milhões. O VoIP é uma tecnologia que permite transformar sinais de áudio, como os de uma chamada por telefone, em dados digitais que podem ser transmitidos pela internet ou outro modo de rede de computadores que seja baseada em IP (Protocolo de Internet). O total de investimentos projetado soma R$ 48.597.609,50.

A maioria dos vereadores (21 x 1) autorizou em sessão extraordinária na quinta-feira da semana passada alterações na lei aprovada no ano passado. O texto seguiu para sanção do prefeito Daniel Guerra (PRB).

O único a votar contra o projeto foi o vereador Edio Elói Frizzo (PSB). O socialista lembrou que Guerra divulgou recentemente superávit de R$ 19 milhões (no terceiro quadrimestre de 2018). Para Frizzo, o dinheiro em caixa deveria ser melhor utilizado.

O líder do governo municipal na Casa, vereador Elisandro Fiuza (PRB), afirmou que administrações anteriores também tomaram linhas de crédito. O vereador Rafael Bueno (PDT) lembrou que, quando vereador, Guerra costumava se opor a projetos de empréstimos. 

Projeto Biogás

A alteração da lei aprovada na semana passada apresentou a intenção do Governo Guerra em propor a elaboração de um estudo técnico de aterro e execução de projeto para o chamado projeto de Biogás, no valor de R$ 100,250 milhões. Segundo a prefeitura, o projeto é uma carta de intenção que passará por uma nova análise, e não tem prazo para ser executado. O projeto de Biogás poderá ser financiado por meio de um novo pedido de empréstimo com autorização da Câmara Municipal ou ainda por captação de recursos do governo federal.

A BACIA DO ALIANÇA

:: O Arroio Aliança nasce no bairro São Pelegrino, na Rua Os Dezoito do Forte, passando sob o antigo Mercado Calcagnotto.

:: Desce na direção do bairro Pio X em percurso próximo paralelo às ruas Feijó Junior e Matteo Gianella, até a Rua Cristoforo Randon.

:: Um dos pontos principais de alagamento é justamente na região da Cristoforo Randon (foto), cruzamento com Matteo Gianella.

:: Esta bacia do Aliança é a área a ser atacada pelo projeto de macrodrenagem. 

:: O Aliança entra na direção do Pio X e logo entronca no Arroio Tega, na região da Rua Ângelo Chiarello. A partir dali, o Tega segue canalizado, passando ao lado do Supermercado Andreazza, no bairro Santa Catarina.

:: Na região da Casa de Pedra, confluem os arroios Dal Bó, que vem pela Perimetral Norte, Santa Fé, que vem da Zona Norte, e o Tega, que incorpora os outros dois e dá nome ao arroio que segue em frente passando pelo Enxutão e seguindo na direção do bairro Reolon e do loteamento Mattioda. 

INVESTIMENTOS

A prefeitura discriminou onde pretende aplicar R$ 48,6 milhões dos R$ 50 milhões que serão buscados. Confira:

:: Obra de macrodrenagem na Bacia do Arroio Aliança: R$ 22.406.657,81.

:: Projeto de videomonitoramento e cercamento eletrônico da cidade: R$ 3 milhões.

:: Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social _ software e reforma da Maesa: R$ 5,930 milhões.

:: Equipamentos, projetos, licenças e aparelhos telefônicos para VoIP: R$ 2.716.751,72.

:: Projeto de geração fotovoltaica: R$ 1.894.200.

:: Aquisição de veículos, máquinas e equipamentos: R$ 12.650.000.

Fonte: prefeitura de Caxias do Sul

Leia também
Assembleia Legislativa vai conceder medalha do Mérito Farroupilha a Eduardo Bolsonaro
Vereador desmente prefeito Daniel Guerra sobre projeto de uniformes escolares 
Representantes de Caxias avaliam como positivas visitas em Brasília 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros