Após declaração polêmica, vereador de Nova Petrópolis pede desculpas às mulheres - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Em vídeo11/03/2019 | 08h43Atualizada em 11/03/2019 | 08h44

Após declaração polêmica, vereador de Nova Petrópolis pede desculpas às mulheres

Na quinta-feira, parlamentar disse que "mulher decente não dá tanto problema"

Após declaração polêmica, vereador de Nova Petrópolis pede desculpas às mulheres Facebook/reprodução
Foto: Facebook / reprodução
Pioneiro
Pioneiro

Após a declaração "Mulher decente não dá tanto problema", o vereador de Nova Petrópolis  Cláudio Gottschalk (PDT) publicou um vídeo em seu perfil do Facebook pedindo desculpas. A fala polêmica do parlamentar foi proferida durante uma sessão da Câmara dos Vereadores na última quinta-feira (7), véspera do Dia Internacional da Mulher. 

Em um vídeo de menos de 30 segundos, o parlamentar diz que não teve intenção de praticar uma ofensa. Até as 8h desta segunda-feira, o vídeo já contava com 1,2 mil comentários e 132 compartilhamentos.

Leia mais
"Mulher decente não dá tanto problema", diz vereador Cláudio Gottschalk de Nova Petrópolis  

— Em momento algum, tive a intenção de ofender as mulheres. Sou uma pessoa simples e respeito a todos. Sou casado, tenho filha e neta, e minha intenção não foi ofender a ninguém, muito menos as mulheres. Minhas sinceras desculpas — pediu o vereador. 

A declaração de Gottschalk ganhou repercussão após a única vereadora mulher do Legislativo, Kátia Zummach (PSDB), apresentar duas proposições alusivas à violência contra a mulher e estimular debate sobre o tema. O pedetista manifestou-se em tom crítico:

— Eu quero dizer uma coisa para vocês: falam tanto em mulheres, tantos problemas, agora uma mulher que se preste, uma mulher decente não dá tanto problema. Isso é uma coisa que eu vou te dizer (para a vereadora). Uma mulher que se presta, porque eu ando muito nesse mundo, não dá tanto problema. O problema é (sic) as chinelonas — afirmou Gottchalk na quinta-feira.

E acrescentou:

— Olha, no município de Nova Petrópolis, quantos problemas tem... Eu acho muito pouco. Fica até feio faixas nos banheiros ou órgãos públicos, faixa com telefone para denunciar. É muito pouquinho — comentou ao repercutir a indicação da vereadora, que propõe a instalação de faixas com orientações sobre canais de denúncias.

Imediatamente após a declaração, a vereadora rebateu:

—  As estatísticas comprovam. A violência não existe entre mulher que presta e não presta. Várias donas de casa diariamente sofrem violência doméstica. É muito grave esse tipo de questionamento porque, em primeiro lugar, o que é uma mulher que presta? A mulher tem direito de usar o que quiser — respondeu a vereadora durante a sessão.

CONFIRA AS DESCULPAS NO VÍDEO ABAIXO:

Leia também
Comunidades do interior dos municípios da Serra sofrem com longos períodos sem luz

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros