Prefeito de Caxias do Sul abre ano legislativo e evita falar sobre impeachment  - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Governo municipal05/02/2019 | 13h39Atualizada em 05/02/2019 | 13h39

Prefeito de Caxias do Sul abre ano legislativo e evita falar sobre impeachment 

Daniel Guerra esteve na primeira sessão do ano, nesta terça-feira

Prefeito de Caxias do Sul abre ano legislativo e evita falar sobre impeachment  Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

A votação do pedido de impeachment — que acabou adiada — passou batida pelo prefeito Daniel Guerra (PRB). Em seu discurso na abertura do ano legislativo, ele não citou, em nenhum momento, a denúncia protocolada pelo então vice-prefeito Ricardo Fabris de Abreu (Avante) em dezembro do ano passado. Se deteve apenas ao que já foi feito e o que ainda será realizado em sua gestão. Antes de ocupar a tribuna, falou sobre o assunto com a imprensa

Leia mais
Adiada votação de acolhimento do pedido de impeachment do prefeito de Caxias do Sul
"Não há porque fazer defesa de uma administração que tem sido reconhecida nacionalmente", afirma prefeito Daniel Guerra 

Adiantou, por exemplo, que serão compradas neste ano duas mil novas vagas na educação infantil. Oito creches serão entregues até dezembro de 2020. Na saúde, disse que as obras para reforma do prédio do Postão estão dentro do cronograma previsto e que em breve ela será inaugurada — uma coletiva de imprensa está marcada para as 15h desta terça-feira para falar sobre a obra. Três unidades básicas de saúde serão inauguradas neste ano (Reolon, Cristo Redentor e São Vicente) e outras três serão construídas: na Vila Romana, no Caminho do Meio e em Ana Rech. 

— Durante os últimos dois anos nos empenhamos de maneira permanente para o oferecimento de melhores serviços públicos à população, com o enfrentamento de questões históricas na saúde, na educação, no transporte público, na infraestrutura, na segurança pública, sem perder de vista o necessário equilíbrio das contas públicas e o compromisso que vem sendo permanentemente reafirmado com os servidores da administração direta e indireta, que de forma brilhante têm mantido a continuidade dos serviços públicos mesmo em tempos difíceis de superação da crise econômica — discursou. 

Guerra também destacou ações como a redução do número de cargos em comissão, o fim da verba de representação e dos alugueis de veículos. Segundo ele, as "medidas modernas de gestão entraram em choque com culturas há muito tempo enraizadas na administração pública". A valorização dos servidores públicos em seu governo também foi ressaltada pelo prefeito.

— O Brasil também vive um novo momento que, de certa forma, nossa cidade antecipou ainda nas eleições do ano de 2016, de ruptura de um sistema político de partidos e a opção da população caxiense por novas formas de participação direta na vida pública da cidade, sem fatores condicionantes ou intermediários. Não tivemos e não teremos medo de implantar as medidas que são necessárias para que Caxias seja uma cidade melhor para os seus habitantes e, tampouco, não nos permitiremos a perder o foco com distrações que nada interessam ao dia a dia de nossos cidadãos — disse. 

E finalizou solicitando apoio da Câmara para aprovação de projetos como o Plano Diretor:

— Com o respeito institucional que nos marca, contamos com a colaboração do Poder Legislativo para a aprovação de medidas que beneficiam a nossa comunidade e, especialmente a comunidade empreendedora, como a aprovação do novo Plano Diretor, com seu espírito de desburocratização e facilitação de investimentos em nossa cidade. 

Às 18h, prefeito e vereadores se reúnem para uma reunião de trabalho sobre a saúde pública. O encontro, a convite de Guerra, será no Salão Nobre da prefeitura. 

Ações para 2019 e 2020

Educação
> Construção da Escola Municipal San Gennaro, que irá atender, principalmente, os moradores do Residencial Rota Nova. Serão 850 vagas. 

Educação infantil
> Compra neste ano de duas mil novas vagas.
> Entrega de oito novas escolas de educação infantil até dezembro de 2020.
> Licitação, no primeiro semestre deste ano, da escola de Ensino Fundamental do Loteamento Campos da Serra. 

Saúde
> Reforma do prédio do Postão, que será transformado em UPA.
> Ampliação do número de profissionais nas unidades básicas de saúde.
> Mutirões de saúde.
> Implantação do prontuário eletrônico.
> Abertura, ainda neste ano, de três UBSs: Reolon, Cristo Redentor e São Vicente.
> Construção de três novas UBSs (sem data): Vila Romana, Caminho do Meio e Ana Rech. 

Esporte e lazer
> Entrega do Centro de Iniciação ao Esporte, no São Caetano, nos próximos meses.
> Construção de quadra poliesportiva no loteamento São Bernardo. 

Obras
> Entrega da rótula da Codeca no primeiro semestre deste ano. 

Leia também
Primeiro vereador surdo da história da Câmara de Caxias toma posse nesta terça-feira
Carlos Búrigo toma posse na Assembleia nesta terça-feira
"Não me considero oposição e nem base do governo", afirma nova vereadora titular de Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros