Vereador Flávio Cassina assume presidência da Câmara de Caxias nesta quarta - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Mudança de comando02/01/2019 | 10h22Atualizada em 02/01/2019 | 10h43

Vereador Flávio Cassina assume presidência da Câmara de Caxias nesta quarta

Parlamentar assume comando do Legislativo pela segunda vez desde 2015

Vereador Flávio Cassina assume presidência da Câmara de Caxias nesta quarta Franciele Masochi Lorenzett/Divulgação
Será a segunda vez que parlamentar assume comando da Câmara de Vereadores Foto: Franciele Masochi Lorenzett / Divulgação

Em cerimônia que será realizada às 14h desta quarta-feira (02), no plenário do Legislativo caxiense, assume como presidente da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul o vereador Flávio Cassina (PTB). O evento vai servir para o presidente do Legislativo em 2018, Alberto Meneguzzi (PSB), transferir o cargo para Cassina, além de oficializar a composição da nova Mesa Diretora em 2019.  A Mesa será composta ainda por Paula Ioris (PSDB), como primeira vice, Ricardo Daneluz (PDT), como segundo vice, Edson da Rosa (MDB), como primeiro secretário, e Alberto Meneguzzi (PSB), como segundo secretário. 

A cerimônia será aberta ao público. Na segunda oportunidade em que Cassina vai comandar a Câmara Municipal – a primeira vez foi em 2015 – o parlamentar afirma que vai adotar um tom pragmático, dando continuidade às ações encaminhadas na gestão anterior. Segundo Cassina, será um “trabalho feito com responsabilidade, sem surpresas”.  

—   A gente tem um ritmo de trabalho que será mantido, os projetos que forem de ordem mais urgente nós vamos analisar com a devida atenção — aponta o parlamentar.  

A primeira reunião do grupo de parlamentares da Mesa Diretora ocorre ainda nesta quarta, após a cerimônia de posse. Entre as propostas que serão analisadas a partir da primeira sessão ordinária do ano está o pedido de impechament encaminhado por Ricardo Fabris de Abreu, no dia 17 de dezembro. Poucos dias após protocolar o documento – o segundo de sua autoria - Fabris renunciou ao cargo de vice-prefeito em 27 de dezembro.  

— Nós temos obrigação de apreciar todos os pedidos que entram, e isso será avaliado, independente do posicionamento de cada um. Ainda não tive acesso ao pedido e isso será feito ao longo dos próximos dias. A viabilidade do pedido será avaliada na primeira sessão do ano, com os demais membros da Mesa – destaca o novo presidente. 

A primeira sessão ordinária de 2019 ocorre no dia 5 de fevereiro, às 8h30min.  Antes disso, porém, ocorrem quatro sessões representativas - onde estão previstos somente manifestações de parlamentares que compõem o Grande Expediente, sem votação de projetos - nos dias 8, 15, 22 e 29 de janeiro.

Leia também  
Vice-prefeito de Caxias do Sul renuncia ao cargo
Conheça os pontos do pedido de impeachment do prefeito de Caxias do Sul 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros