Suplentes de Caxias do Sul receberão R$ 25 mil durante recesso - Política - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Assembleia Legislativa02/01/2019 | 20h53Atualizada em 02/01/2019 | 21h11

Suplentes de Caxias do Sul receberão R$ 25 mil durante recesso

Maria Helena Sartori e Vinicius Ribeiro assumem mandato até dia 31 de janeiro

Suplentes de Caxias do Sul receberão R$ 25 mil durante recesso Vinicius Reis/Divulgação
Foto: Vinicius Reis / Divulgação

A ex-primeira-dama Maria Helena Sartori (MDB) tomou posse nesta quarta-feira (2) na Assembleia para participar de sessão extraordinária convocada para o mesmo dia. Ela ocupou a cadeira do deputado Juvir Costella (MDB), indicado para a Secretaria dos Transportes do Governo Eduardo Leite (PSDB). 

Os parlamentares aprovaram 15 projetos de lei do Executivo, entre os quais o que propõe alterações na estrutura administrativa do Estado, com criação e fusão de secretarias. A sessão foi convocada em dezembro do ano passado pelo então governador José Ivo Sartori (MDB), a pedido de Leite. Para o trabalho de uma sessão, Maria Helena vai receber R$ 25.322,25 no final de janeiro. A emedebista já havia assumido também em fevereiro de 2015.

Questionada se, ao assumir o mandato na Assembleia, as férias programadas com o marido, o ex-governador Sartori, para o Litoral Norte seriam adiadas, Maria Helena disse que a Assembleia está em recesso e que apenas cumpriu com a convocação do parlamento. 

– A Assembleia me convocou e cumpri com minha tarefa. É um mandato que ganhei pelo voto. Não há nada que precise ser feito (na Assembleia) a não ser que eles (Governo Leite) convoquem sessões, daí a gente tem que voltar e assumir.

Maria Helena minimizou o recebimento dos R$ 25 mil por um dia de trabalho. Questionada se acha justo receber o valor disse:

– Não sei como vai ser, se vai ser o dia (o pagamento do dia) ou se vai ser (o mês inteiro)... Só fui cumprir o meu papel convocada pela Assembleia. É um período que os outros deputados também têm. Assim como os outros deputados vão receber. É a mesma coisa – disse Maria Helena. 

Vinicius não foi chamado para sessão

O caso de outro caxiense é ainda mais constrangedor. A Assembleia teria esquecido de convocar o deputado Vinicius Ribeiro (PDT) para a cadeira da deputada Regina Becker Fortunati (PTB), que assumiu a Secretaria do Trabalho e Assistência Social do Governo Leite. Mesmo secretária, Regina participou da extraordinária. Ainda assim, o caxiense decidiu assumir no período de recesso.

Ele disse que pretende encaminhar todos os assuntos da cidade e região durante o restante do mandato. 

– Estou indignado (sobre o esquecimento). Vou olhar para o dia de amanhã. Vou trabalhar o tempo que me é dado.

Questionado se acha justo assumir o mandato no período de recesso e receber R$ 25 mil, Vinicius justificou:

– No final do mês, podemos fazer uma prestação de contas, e a população vai julgar o meu trabalho neste mês. Trabalho tem, é só querer. Recesso não é férias.

Vinicius complementou:

– Durante todo o período na Assembleia trabalhei sem nenhuma diária. Economizei mais de R$ 300 mil e sou o deputado que mais apresentou projetos – garante ele.

Maria Helena e Vinicius permanecem como deputados estaduais até o dia 31 de janeiro.

Leia mais:
Empresa avalia quais reformas são necessárias em prédio atingido por explosão em Farroupilha
Apostador de Caxias ganha R$ 1 milhão na Loteria Federal

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros